15.3.09

Pobres ateus!

Disseram-me que o ateísmo está crescendo.
Fiquei a pensar... Quem quer o mundo oco e solitário dos ateus?
Não eu!
Eu quero o mundo povoado dos cristãos, dos judeus, dos muçulmanos, dos animistas...
Quero um mundo onde a gente não esteja só.
Um mundo com anjos de pé e caídos.
De entidades, de elfos, de mística, de mágica, de mistérios...
Quero o mundo onde os tambores invoquem.
Onde a multidão de línguas estranhas dos pentecostais façam os seres da escuridão retroceder.
Quero o mundo que produziu Beethoven que, surdo, dizia ouvir a música que Deus queria escutar, a quem aplaudiu na nona.
Que desafiou Mozart a zombar de Deus enquanto, qual o profeta Balaão, só conseguia emitir os sons que boca de Deus entoa!
Quero o encanto catártico de Haendell gritando ALELUIA! de forma arrebatadora!
A beleza de Bach nos fazendo ver a paz da Família Eterna.
Quero mundo das lindas e majestosas catedrais e dos pregadores das praças, das esquinas, dos caminhos...
Da riqueza sonora profunda dos cantos gregorianos e dos vociferantes pregadores: convocando os homens a mudar e o Espírito Santo a se levantar contra o mal.
Quero o mundo que faça um ser humano, diante a pior das borrascas, ver o seu salvador andando sobre o mar, anunciando a possibilidade.
Aquele em que o guerreiro, diante da incerteza, se ajoelha perante o Eterno e se levanta com um brilho nos olhos, certo de que tem uma missão, um motivo para brandir a espada, porque se há de correr o sangue humano, tem de haver uma razão, que dando significado a vida o faça não temer a morte.
Um mundo de poetas e romancistas, que fazem a morte gerar vida, que contam histórias porque, em meio ao mais insano, há algo para contar, e se há o que contar, então significa; e se há como contar, então há um significante anterior, de modo que, por mais que cada leitor possa, de alguma maneira, reinventar, ninguém consegue negar que leu e, se leu, podia ser lido.
Quero a fé que faz uma menina entrar numa das melhores faculdades do pais, sonhando que, um dia, tudo o que sabe ajudará um ser desprovido de tudo, num dos miseráveis cantões do planeta, a sorrir com esperança!
Quero a loucura dos missionários que abandonam tudo no presente, certos de que levarão milhares a viver o futuro.
Quem quer o socialismo frio do ateus?
Eu quero o socialismo dos crentes que, em meio à marcha dos trabalhadores e, diante do impasse do confronto com as forças do estabelecido, grita ao megafone: companheiros, avancemos! Deus está do nosso lado!
Da ciência não quero as equações, quero o grito de "Eureka!", onde o cálculo se mistura com a revelação.
Da matemática quero a música, a certeza de que há sons no universo, que não só os podemos cantar, mas que há quem nos ouve.
Que ouviremos a grande e última trombeta, que reunirá toda a criação para o canto da redenção.
Eu não quero capitalismo nenhum, mas prefiro o dos seres humanos que acreditavam que o trabalho é um culto ao Criador e que o seu produto tinha de gerar um mercado a serviço do bem.
Quem quer o capitalismo consumista dos ateus, que reduz a vida ao aqui e agora, e transforma todos em desesperados que, pensando que não sobrará para eles, correm para acumular para o nada?
Os ateus dizem que evoluímos, mas que não vamos para lugar nenhum; que a ciência pode tudo; que verdade é a palavra dos vencedores; que os mais fortes sobreviverão, e que é o direito natural deles.
Não! Mil vezes não!
Quero o mundo onde os fracos tenham direito ao Reino; onde os mansos herdarão a terra; onde os que choram serão consolados; onde os que têm fome e sede de justiça serão fartos; onde os que crêem na justiça estejam prontos a morrer por ela; onde os mortos ressuscitarão.
Quem quer um mundo explicado, onde tudo é virtude ou falha de um neuro-transmissor qualquer?
Quero um mundo onde a fé , o amor e a paixão curem, mudem histórias e construam caminhos! Onde os artistas tenham o que registrar!
Um mundo onde o sol nasça e se ponha, onde as estrelas, polvilhando o infinito, apontem um caminho, falem da esperança de uma grande e decisiva família, e que qualquer ser humano ao ver isso, não se envergonhe de falar: maravilha! Um Deus fez isto!
Mas não quero a teologia técnica...
Quero o Deus apaixonado dos cristãos, que abandona sua Glória e se faz gente, trazendo a divindade para a humanidade e, ressuscitado, ao voltar, leva a humanidade para a divindade!
Quero o Deus inquieto de Israel, o pai dos judeus, com quem é possível lutar.
Quero do Deus que se permite ser detido por um Jacó.
Quero o Deus chorão de Jesus de Nazaré, que mesmo a gente tendo brigado com Ele, nunca conseguiu brigar conosco.
O Deus Pai, Mãe e Filho que repartiu conosco o privilégio de ser!
Quero o mundo do medo do desconhecido, e do maravilhar-se com o desconhecido: o mundo do encanto.
Como disse o pai da filosofia moderna, o que se descobre ser ao pensar, precisa de um mundo para aterrissar, precisa que haja alguém que faça pensar valer a pena, alguém que, ao fim, é da onde se pensa, e se ele não existe, então nada existe, porque o que pensa não tem como pensar a partir de si.
Quero o mundo que ri da finitude; que desdenha das limitações; que resiste ao sofrimento; que olha para o infinito sabendo que nossa existência não é determinada pela morte ou por nossas impossibilidades; que não somos frutos de um acidente.
Quero mundo que se sustenta na fé de que ressuscitaremos, de que brilharemos como o sol ao meio dia; de que vale a pena lutar pelo bem; de que vale a pena existir!

Ariovaldo Ramos
dica do Moises Lourenço Gomes

22 comentários:

Adriana Neumann disse...

Belíssimo!!

Cheguei até a copiar o texto descaradamente no meu blog.

Abração!!!

Adriana
adrialactaest.blogspot.com

Anônimo disse...

Ufah!!!
Lavagem de alma!!!

Volney Faustini disse...

Esse é o Arizão!

Deus lhe abençoe cara!!

Wellington disse...

Belíssimo!! [2]

twittei!

Junior disse...

hum..socialismo cristão??

Este é o "Arizão", defensor de Hugo chavez, Zé Dirceu, Stédile e outros bichos...

Bem que desconfiava que o mundinho dele girava pra esquerda...rsrsrs..

Outro ponto, é que essa manifestação dos "ateus" é reação aos representantes de "Deus" na terra, cristãos, judeus, muçulmanos....sim, a maioria dos ateus apenas não acreditam no "Deus" pintado pelas religiões e que realmente nada tem a ver com Deus.

Alex disse...

Vc quer viver no mundo da fantasia. "Não basta um jardim ser bonito? Há que ter fadas nele?"

Homem Honesto disse...

Perdoará, mas não podia deixar de citar este Post no Blog Anti Ateu

Douglas disse...

Isso! Chega do mundo real! Chega de encarar de frente as dificuldades da vida! Queremos um mundo com nuvens de algodão-doce, rios de milk-shake e montanhas de sorvete!

Chega de ciência! A ciência nunca nos trouxe nada de bom. O mundo era muito mais legal quando a expectativa de vida era de 19 anos e quando 7 a cada 10 crianças nunca chegavam aos 3 anos. A vida era uma aventura naquele tempo, quando sarampo e catapora eram sentenças de morte.

Chega de ateus! Chega de ética e filosofia, é muito melhor se comportar bem por medo de fritar. Chega de humanismo, que nos trouxe a filosofias hediondas como a doutrina dos Direitos Humanos e a absurdos como a Declaração Universal de Direitos do Homem.

Chega de secularismo! Queremos os exércitos nas mãos de religiões auto-excludentes, com mandamentos divinos para o extermínio de quem acredita em outra coisa!

Chega do mundo real! Queremos ir e morrer para um mundo mágico cor-de-rosa! Queremos esta promessa, não promessas de conhecimento, esclarecimento ou entendimento. Queremos misticismo, não razão!

Já pensou em se mudar para a Terra-Média?

Ivan Venturini disse...

Bárbaro!
Bárbaro Ari.
Seu texto é água cristalina para a alma.
Quem dera tivessemos mais pensadors cristãos como você.
Um abraço
Ivan

Felipe disse...

Isso mesmo!
Queremos um mundo cheio irlandeses se matando por religião, cheio de palestinos e judeus se matando também por religião, cheios de discípulos de Osama matando em nome de Deus. Queremos um mundo com novas formas de Inquisição, uma África tomada pela Aids e pela mutilação genital feminina! Que maravilha esse mundo, não?

fabricio disse...

tsc...tsc...tsc...crentes...

sempre vivendo fora do mundo, o texto mais infantil.

Juliana disse...

Tá bom. Mas deuses não existem, tá?

EDSON disse...

Pobres crentes!
Não passam de crianças crescidas...
Quandoalgo foge do controle,morrem
de medo e correm para o colinho do
DEUS deles..!! rsrrsrsrsrsrrsrsrs


TÍPICO...

edson Ateu e Atoa... disse...

É...!
Não tem coisa mais ridícula,quando
semelhantes querem passar por cima
dos outros,com idéias fora de épo-
ca e tão ultrapassadas quanto a própria existência de algo tão an-
tigo quanto a espécie e o planeta
em que vivemos...!!!
Não existe uma só Deus a não ser
Deus...Jesus cristo,nunca nasceu!!
Mamíferos racionais,falam mal,pagam
pau,fazem sempre tudo igual!!

Ops!Args!!Quem é o pobre mesmo??

Anônimo disse...

Pobre de mim que quero é ser feliz e ajudar o irmão mais próximo!

Wisthon disse...

Nada impede que vc sr Anônimo
ajude os outros e seja um bom samaritano...
Ensinar os ignorantes...direcionar
os imbecis...criar vínculos no Amor
assim tem sedo desde...então!!!

LILIANE FADONI disse...

Poxa!!!Sr Wisthon !!Mandou bem !!
Eu hein!Para que iria querer a ori-
ginalidade,a realidade,coração e mente livre em conjunto com a frie-
za dos Ateus ?
Nada disso,eu quero é a alienação dos crédulos que vêm na Retórica angustiada Religiosa,horizontes de
futuro improvável...!!!
Poor people...!!!rsrsrsrsrsrsrrsr

JORGGE disse...

e gnomos, duendes, cavalos alados, deus, anjinhos, enfim.. vc quer viver num mundo imaginário de fantasias rsrsrs.. entao.. fique vc nesse mundo pueríl..

JORGGE disse...

anjos de pé e caídos.
De entidades, de elfos, de mística, de mágica, de mistérios... ..
AMIGO VC QUER VIVER NUM MUNDO DE FANTASIAS? ENTAO VIVA E SE NAO FOSSE A MEDICINA, DESVENDAR OS MISTÉRIOS, ATE HJ TINHA GENTE MORRENDO DE VARIOLA, PESTE NEGRA ETC.. SE FOR PELA FÉ, VAI, DEIXA A CIENCIAS DE LADO E VC VAI SE F...
ABRAÇOS..

Anônimo disse...

Tenho amigos Ateus e convivemos muito bem... sei que ao ler as escrituras sagradas (cristã)muitas coisas com certeza são fantasiosas... mas acredito em Deus pela simples razão de não conseguir aceitar que tudo simplesmente "acaba" e se for assim, não tenho nada a perder... sou catolico e gosto de ser. O texto é bom.

Anônimo disse...

Humpf, o maior erro dos ateus é achar que todas as desgraças do mundo são causadas por um D'us vingativo, destruidor e perverso...

Essas pobres mentes, faltas de análise correta, não conseguem perceber que as tais desgraças foram cometidas por "HUMANOS" e muito destes "HUMANOS" cometem as tais desgraças em nome de algum "deus" e outros tantos "HUMANOS" cometeram as mesmas desgraças sem terem crido em algum deus, basta ver a ateísta União Soviética matando religiosos p se comprovar isto.

blaise2 disse...

¬¬ escreveu isso no banheiro?Recomendo moderar uso da papaia no café da manhã.E também largar esse vício de fumar orégano.Quando o THC é turbinado dá nisso mesmo,vê até boitatá avuá ao lado de um unicórnio cor de rosa.

Pois é,tsctsc.
Pobres ateus que bolaram o Malleus,né não?Livrinho de massagens cristãs,uma delícia relaxante.Sem falar que roubaram direitos autorais de várias outras lendas pra fazer uma que só tem 2 mil anos.Pirataria é coisa feia,heim!Ainda bem que naquelas bandas não tinha Polícia Federal,né?Nem hospício.

tsctstc

¬¬

Blog Widget by LinkWithin