24.7.09

As muitas vozes de Deus

Findada a conversa com Paulo, encontramos um raivoso João Henrique dos Santos, que, apontando para a Catedral da Sé, urra ser aquele um local de criação de basiliscos, o monstro mitológico de cabeça de galo e corpo de serpente. "Essa igreja vai contra a palavra de Deus, ela faz culto a imagens", bradava. Quando por fim se acalmou, me apresentei a ele e falei sobre a proposta da matéria. "Sou pregador desde 82 e já preguei em Recife e aqui em São Paulo, em trens, nas ruas, em parques...".

Fiel à Assembléia de Deus, João Henrique diz que foi para as ruas para combater a falta de conhecimento das pessoas. "Muitas vezes, por não ter um líder, as pessoas são amaldiçoadas". O discurso dele é mais exaltado, mais ferrenho. Fala e gesticula muito, dentro do seu agasalho que passa muito dos ombros e da calça jeans surrada. "Nunca saí da igreja. Tenho 52 anos e nasci e me criei dentro dela". Casado há 25 anos e pai de seis filhos, João Henrique acredita que este é um segundo ofício, tão importante quanto o seu primeiro, mecânico.

"Sempre trago meus filhos para a praça, para me verem pregando, porque acho que é importante que eles saibam o que o pai deles faz, além de colocar sustento na mesa. Venho com meu carro e ficamos aqui, das 09h às 18h. Jesus quer o melhor para seus filhos e quer principalmente as coisas humildes, que elevem o espírito. É por isso também que sempre trago meus filhos aqui". Leia +.

trecho de reportagem no Yahoo!.
dica do Fábio Davidson

esse tipo de estratégia ainda funciona? a conversão a um rol de ideias é o mesmo que um encontro c/ Cristo?

7 comentários:

Anônimo disse...

A questão na minha opinião não é se funciona ou não, mas se está sendo feito pela vontade do homem ou de Deus.

Claudinha F. disse...

Olha não sei se funciona, mas uma coisa eu digo, o homem tem coragem, fico admirada com isso, eu nunca, jamais faria isso e simplesmente por ter vergonha.

CHICCO SAL disse...

Como cantou o Ivan Lins:

"Tudo que eu fiz foi seguir a mesma diretriz
Confiando e acreditando
Que na vida todo mundo pode ser feliz
É preciso crer no coração
Porque se não
Não tem razão de se viver
E eu quero ver
Nascer um tempo bom
Meu peito diz:
"Coracao da gente é igual pais"
Não deu certo uma mudanca, você muda de esperança"

A esperança continua sendo Cristo, relacionar-se com ele, pessoalmente.

Tuco Egg disse...

Vale a pena ver o vídeo do Rob Bell sobre o assunto. É muito bacana.

Thiago Mendanha disse...

Pô, Tuco... também me lembrei desse vídeo do Rob!

Já que tu deixou a dica, só deixo o reforço! :)

berna disse...

TEM GENTE QUE PREGA A PALAVRA DE DEUS, MAS NÃO VIVE A PALAVRA E TEM GENTE QUE NÃO PREGA E VIVE A PALAVRA, PARA MIM É ISSO QUE FAZ A DIFERENÇA. PODEMOS COLOCAR PARA AS PESSOAS NOSSAS CRENÇAS E NOSSOS PONTOS DE VISTA, COM SABEDORIA, RESPEITANDO AS DIFERENÇAS.

Dirlei Souza disse...

Olha, acho a questão do método é um tanto irrelevante, qual é o método correto? O do Estevão Hernandes? do Edir Macedo? Eles "ganham" muito(s)...
Deus alcança pessoas diferentes com métodos diferentes, provavelmente este senhor não alcançará o empresário de carro importado que passa na rua, mas pode ser ouvido por alguém que se identifique com a simplicidade do mesmo.
Sei que é obvio mas, não só as pessoas que têm ensino superior devem vir a Cristo, mesmo aquelas que não têm capacidade de criar uma única frase com coerência precisam ouvir o evangelho...
Se este senhor fala a verdade e tem vida com Deus, acho louvável sua atitude. Quanto ao fato de ser um pouco forte em suas palavras é até bom, destaca o mesmo dos grupos evangélicos ecumênicos que têm medo de falar a verdade hoje em dia.

Blog Widget by LinkWithin