11.9.09

O reggae é a liberdade



Há uma semana, o ministro Carlos Minc, do Meio Ambiente, subiu ao palco durante um show da banda Tribo de Jah, em Alto Paraíso (GO), na Chapada dos Veadeiros, para improvisar uma vigorosa defesa da natureza e da descriminalização da maconha no país.

O vídeo com a apresentação de Minc tem 3m49s de duração. Foi gravado em 6 de Setembro, um dia após a seleção de futebol do Brasil vencer a da Argentina por 3 a 1.

Minc começa a apresentação mandando um abraço para todo o povo do reggae, afirma que “o reggae é a paz, mas o reggae é a resistência.”

Rebolando o corpo no palco com seu indefectível colete, acrescenta:

- Vou dar o meu recado: ontem o Brasil meteu 3 a 1 na Argentina. Mas tem outro placar que a gente tá perdendo da Argentina. Os juízes da Argentina descriminalizaram. O usuário não é criminoso. Nesse jogo a gente tá perdendo aqui. Nós vamos virar esse jogo para acabar com a hipocrisia.

fonte: Blog da Amazônia
dica da Marília Cesar e do Jarbas Aragão


"não vamos deixar queimar a amazônia" é piada pronta de quem queima outra coisa, né. :P

ah, pensei que ele ia puxar uma oração quando mandou todos darem as mãos no final.

5 comentários:

CHICCO SAL disse...

Duro de assistir, duro de ver, duro de acreditar.

Criminaliza-se o fumante de cigarros comuns e defende-se a descriminalização da maconha.

E na ponta da lança dos que advogam estão o ministro e o ex-presidente da república, FHC.

Daqui a pouco virá o Gabeira defender o uso medicinal da mesma como já fez anteriormente para avocar o plantio da mesma por aqui para ser posteriormente aproveitada na confecção de tecidos,etc.

Ah! Falta o Gilberto Gil lançar uma múcia para o próximo verão que está chegando...

Quem sabe assim o ministro da agricultura se sensibilize e lance um pacote de estímulo ao desenvolvimento de variedades melhoradas pela EMBRAPA, a programas extensionistas das EMATERs, etc.

Curiosamente, não tenho encontrado pela internet e nem pela mídia os pastores e sacerdotes de outros grupos se levantando contra a proposta de descriminalização. Será que todos estão chapados?

Bom, o final de semana tá por aí mesmo, é sexta-feira, dia de comer pizza (acho que é a larica!!!) e assistir um bom filme. Acho que vou rever 'O barato de Grace'.

Baccio per tutti quanti.

Chicco

P.S.: Cá entre nós, o pessoal tá usando o mangericão por aí no lugar da maconha. Se pelo menos o cara não ficar tão louco quanto, fica temperado!

charlesgomes disse...

Chorei com sua última frase Chicco rsrsr

E lá vai o Minc ser processado de novo como foi na Marcha da Maconha...

Anônimo disse...

acho que quanto mais substâncias para entorpecer a consciência, melhor para quem naum quer encarar a realidade em si e em redor de si.

vai ver que a melhor maneira de viver nesse país é andar chapado msm; ainda que o custo ao governo de um maconheiro para o SUS não seja, talvez, tão relevante quanto a qualquer outro tratamento. acredito que para isso, o governo pagaria o "plano de saúde" deles.

Márcio Rocha

Anônimo disse...

entao deixa os traficas venderem tmb.

gardano disse...

Passou da hora de discriminalizar e legalizar
Eu já alguns anos que não consumo nem cultivo nem vendo
Mas comparado ao Goró é ridiculo
E o jovem que mesmo proibido compra se envolve em uma teia de criminalidade lamentavel no ato de ir até a droga.
Agora só não me perguntem se o imposto vai para o Governo não
Como a ultima pesquisa da Universidade de Toronto mostrou claro é extremamente prejudicial mas comparada a Nicotina é bem suave.
Infelizmente os que não encontram Paz em Oração ou mesmo na Meditação do Evangelho possam se enganar momentaneamente com um Baseadinho.

Blog Widget by LinkWithin