29.11.09

Mar de lama

Sob o título "A César o que é de César", publiquei, ontem, às 19h02m, o comentário que segue:

"César Benjamin, colunista da Folha de S. Paulo, um dos fundadores do PT, fez uma grave acusação ao presidente da República.

Em artigo publicado, hoje, no jornal, disse que Lula lhe contara que, uma vez preso no início dos anos 80, tentara estuprar, sem sucesso, um colega de cela.

Ninguém conta algo dessa natureza sem dispor de provas ou de testemunhas.

Benjamin está obrigado, pois, a mostrar provas ou apresentar testemunhas do que ouviu.

Do contrário, não escapará da acusação de que é um leviano, mentiroso e irresponsável."

--------------

O marqueteiro Paulo de Tarso, citado por Benjamin como uma das testemunhas da conversa dele com Lula, disse por meio de nota que participou do encontro. Não confirmou o que Benjamin alega ter ouvido. Acrescentou que não lembra se Benjamin estava de fato presente.

O cineasta Sílvio Tendler, referido por Benjamin como "o publicitário" que também ouviu a conversa, disse hoje à Folha de S. Paulo e ao site TERRA:

- Era óbvio para todos que ouvimos a história, às gargalhadas, que aquilo era uma das muitas brincadeiras do Lula, nada mais que isso, uma brincadeira.

A VEJA localizou o tal ex-preso que, segundo Benjamin, teria reagido a socos e a cotoveladas ao suposto assédio de Lula. Por meio de um amigo, João Batista dos Santos, que hoje mora em Caraguatatuba, no lotoral norte de São Paulo, declarou:

- Isso tudo é um mar de lama. Não vou falar com a imprensa. Quem fez a acusação que a comprove.

Benjamin não precisa mais provar que ouviu de Lula o que disse ter ouvido. Seu desafio agora é provar que Lula não estava brincando como afirma Tendler.

Quanto a João Batista dos Santos, esse deixou passar uma ótima oportunidade para enterrar de vez a história. Bastaria ter dito que nunca foi abordado por Lula.

É possível entender a razão pela qual Lula se nega a processar Benjamim como adiantou, ontem, seu chefe de gabinete, Gilberto Carvalho.

Desbocado como é, dado a molecagens como sempre foi, ele de fato contou a Benjamin o que Benjamin disse ter ouvido.

Ricardo Noblat

O artigo (nojento) de César Benjamin pode ser lido aqui. A entrevista de Sílvio Tendler para Bob Fernandes, do Terra Magazine, aqui. Neste link, um texto de quem conhece bem o cabra que escreveu as acusações.

Depois da ficha falsa da Dilma e da "ditabranda", a Folha continua célere em direção ao fundo do poço. Felizmente, credibilidade ñ se compra c/ brindes p/ os leitores.

7 comentários:

Moisés Lourenço Gomes disse...

Aguardem o 2º filme de nosso presidente: "Sou o Lula, 'como' qualquer brasileiro."

Pastor Afonso disse...

Sexo é simplesmente outra função física, e não há nenhum outro sentimento: seja de vínculo ou culpa por trás dele.
.
Segundo:
.
O amor não existe. Por isso, não se preocupe sobre esperar até achar a pessoa certa.
.
Terceiro:
.
Você deveria se envolver em sexo indiscriminado com qualquer pessoa que por acaso apareça no seu caminho.
.
Resumindo: todo sexo é aceitável, em qualquer tempo, em qualquer idade, com qualquer um.
.
O que é importante entender, porém, é que embora o que acabei de dizer pode parecer loucura para você, é a perspectiva socialista exata acerca do sexo na visão Socialista.
.
Entenda: a promiscuidade e os desvios sexuais desempenham um papel no estabelecimento de um sistema socialista de governo
.
Lula e o PT são socialista de cartirinha, portanto não é de se estranhar acusações como estas

Moisés Lourenço Gomes disse...

"Aff...."

Concordo não.


Jesus foi o primeiro socialista da história e Judas, o primeiro capitalista!

Por 30 moedas de pratas... :-)

Ayres Filho disse...

'...não acho César Benjamim um caso de demência, mas sim um animal político bem “esperto” ou que se julga muito “esperto”, amigo de gente “esperta” na terra “dos espertos”...' [por Antônio Pereira, no Blog do Luis Nassif]

Na íntegra: http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/11/29/cesar-benjamin-e-o-rei-do-senegal/

Gustavo disse...

"Entenda: a promiscuidade e os desvios sexuais desempenham um papel no estabelecimento de um sistema socialista de governo."

Pastor Afonso, me diga uma coisa: em que livro ou estudo o senhor leu isso? Até onde sei e pelo que pude estudar até agora como historiador, essa sua conclusão é um tanto errada e muito mal elaborada. Reconheço os vários problemas que os sistemas socialistas causaram e isso é fato, mas relacioná-los com promiscuidade e desvios sexuais não tem o menor nexo. Aliás, a maior indústria do sexo e grande promotora da "promiscuidade e dos desvios sexuais" está no grande símbolo do capitalismo, E.U.A, são nos países mais ricos e com uma política deliberadamente capitalista que estão os promotores das condutas que o senhor condena. E mais, a problemática da promiscuidade e dos desvios nada tem a ver com formas de governos. São questões que vão além.
Estudar um pouco sobre os marxismos e sobre o socialismo faz bem. Ainda que não venha concordar com tudo,.

Pulika disse...

Cesar Benjamim é apenas um conhecido 'desinfeliz'.
Agora a Folha de São Paulo escolher ese tipo de 'desinfelicidade' do 'Cesinha' é que nos deve levar a pensar sobre as intenções da imprensa dita 'livre' e 'independente' do Brasil.
Não apenas as intenções, mas sua ética e seu caráter.
Igual a de alguns 'evangélicos' que comentaram essa matéria aqui por cima...

Anônimo disse...

Não penso que o Cesinha é "deinfeliz" ou demente. É obvio que Lula deve ter feito ese comentário, como tantos outros comentários bizarros que tem feito.
O artigo do Cesinha é um gesto movido pelo ressentimento que visa desconstruir a persona do Lula,só que ele errou o caminho. Estranho nessa história é que Lula tenha se lembrado, 15 anos depois que o garoto era do MEP. Será que é dor de cotovelo?

Galera, homem não é estuprado, o termo estupro somente se aplica a mulher. Quando a vítima é homem usa-se o termo "violentado".

Pastor, o senhor está precisando estudar mais, ler mais. Seus comentários são preconceituosos, simplistas, banais.

Blog Widget by LinkWithin