27.11.09

Só Deus para ter misericórdia de sua vida

“Eu lhe falava sobre Deus e lhe falava que havia visto muitas curas na igreja onde estou congregando. Na última vez que estive lá, pensei muito em você e na Flavia, pois uma jovem havia sido trazida de volta do coma pelo poder de Deus, pelo poder da fé dos familiares. A justiça dos homens, infelizmente, é tardia, mas a de Deus, jamais. (....) Basta que você confie, sou mãe como você também”.

“Oi, Odele, peço desculpas, mas a sua falta de educação e sua prepotência são tão grandes que só Deus para ter misericórdia de sua vida... ninguém está pregando religião, minha querida, eu estava apenas falando sobre Deus, um Deus que pode curar sua filha porque ela NÃO está morta como a filha de Glória Perez. Mas, infelizmente, apesar de você escrever que tem um amor tão grande pela sua filha, sinceramente acho duvidoso. Uma mãe procura formas de ajudar a quem ama e não discriminar e desistir e esperar apenas a justiça do homem. Muitos ímpios não sofrerão nesta terra. O que falta na sua vida é Deus, um Deus grandioso. Não use de prepotência no problema de sua filha, porque sinceramente é isso que você está fazendo”.

trechos de e-mail que Odele recebeu de uma evangélica c/ "conselhos" p/ a "cura" de sua filha Flavia. Leia +.

fonte: Época


faltam-me palavras, sobram palavrões...

9 comentários:

Osmar disse...

Li a matéria completa e digo o seguinte: tem crente que se não existisse faria um favor ao mundo. Só Deus para amar essa igreja bizarra e distorcida em solidariedade que vivemos hoje. Ainda se fosse um caso isolado, mas infelizmente sei que não é...

Márcio Rocha disse...

li a matéria completa sugerida aqui no pava...

o osmar disse uma coisa certíssima!*rs...tem crente que se naum existisse mataria essa máfia da fé de fome!!!hahahah

eu percebo que o típico comportamento humano de alguns crentes é quase ausente! estaum preocupados em divagar sobre suas teorias tresloucadas sem preocuparem-se com os sentimentos da mãe torturada pela dor.

eu estou tão puto com esses crentes, que só a ladainha deles me embrulha o estômago cara...me dá nojo...fico estarrecido com a indiferença dessas pessoas!

naum sabem nem se expressar como gente que fala a um outro respeitando seu momento de dor...ficam loucos querendo falar das suas idéias de deus, desvairados.

Falam muito, ouvem pouco...são rápidos no diagnóstico ou diabinóstico.

nunca vi tanta gente surtando...o que está acontecendo?

Cristina Danuta disse...

Me entristece profundamente ver atitudes como essa. Cada vez me convenço mais que existe muito mais gente neste mundo para te dar uma rasteira do que para estender a mão para ajudar. Eu não acredito que uma pessoa que tenta enfiar na cabeça de outra as suas "verdades" (míopes, diga-se de passagem) esteja tentando ajudar. Nós seríamos conhecidos pelo amor, diz a bíblia. Só vi prepotência. Quem precisa de Deus é ela. Deus é amor. Só posso concluir que essa pessoa não o conhece. É muito fácil falar de fora, mas quando estamos na pele do outro a coisa muda de figura. Sinceramente não sei o que faria se fosse comigo. Só posso compartilhar da sua dor e me calar. Tem horas que é mais sábio ficar calado do que falar asneiras.

OBS: Pava, os palavrões também me vieram à cabeça...

tigvieira disse...

Para ser sincero, para mim, já basta. Nem quero ler o resto. Sei que se eu fizer isso, vou pecar. Vou desejar exatamente o mesmo (essa tal da justiça que pensamos ser a divina) para essa idiota da carta.

CHICCO SAL disse...

Um certo dia, relendo a passagem em que Jesus entra numa sinagoga num sábado e se depara com um homem de mão ressequida, descobri que aquele homem era eu...

Descobri que minha mão estava fechada, que eu não tinha como abrí-la e estendê-la a menos que o Senhor me curasse.

Tenho me visto em cada pessoa e em cada relato de gente que sofre, de gente desamparada, de gente que precisa, necessita, chora calada, a espera não de um milagre, mas de uma voz amiga, de um olhar carinhoso, de uma mão amiga, um ombro amigo.

Aquele homem de mão ressequida não esntrou naquela sinagoga esperando um milagre. Talvez, até mesmo tivesse ido lá por ser seu costume e nada mais. Porém, naquele dia Jesus estava lá e quis curá-lo.

Não spero por milagres e nem tenho um milagre para oferecer, aliás nem palavras tenho também para dizer qualquer coisa e esta também não é hora para se dizer nada.

Apenas choro, choro com esta mãe, sabendo que o seu choro é a verdadeira prece...

Dúh disse...

Jesus, volte logo, isso só vai piorando a cada dia...
Bem foi dito que o amor ia esfriar em nossos corações.

Anderson disse...

É isso Chico. Eu também só queria chorar do lado dela.

Simplesmente Tininha disse...

Me silencio diante das palavras do Chicco Sal... ele falou tudo e um pouco mais!

cristiane disse...

Não me resta mais espanto diante das palavras dos ditos evangélicos. Antigamente me chocava agora não, apenas lamento q o evangelho divulgado seja esse. Vemos na tv, ouvimos na rádio, está tudo muuuuuito distante do evangelho de Cristo. Dias atrás vi uma moça evangélica ser mto criticada no twitter por elogiar Madre Tereza de Calcutá, em nome da honra evangélica vi pessoas ofendendo umas as outras. Agora lendo essa carta pensei q deveríamos fazer um intensivão com a Madre Tereza sobre o verdadeiro significado da palavra "misericórdia"
Graça e paz ;)

Blog Widget by LinkWithin