20.12.09

Evangélico e umbandista se casam na Praia de Copacabana

Em meio a uma série de denúncias de intolerância religiosa, a Praia de Copacabana servirá de altar para um casamento entre uma umbandista e um evangélico num culto ecumênico unindo características das duas religiões.

O evento vai acontecer no dia 29 de dezembro, que foi oficializado pela prefeitura como a data da comemoração antecipada de Yemanjá. É que embora a oficial seja 2 de Fevereiro, no Rio tradicionalmente era reverenciada na noite de 31 de dezembro, prática que foi diminuindo com o crescimento da festa de Réveillon na orla carioca.

“Será o primeiro realizado na praia com uma união inter-religiosa. O casamento vai ser antecipado com uma carreata que parte do Mercadão de Madureira no meio da tarde percorrendo vários bairros até Copacabana. Esse é o sétimo ano que a festa de Yemanjá é realizada no dia 29″ – revela Sheila Reis – integrante do departamento de Marketing do Mercadão que está comemorando 50 anos de fundação.

fonte: RSZD [via ADIBERJ]

23 comentários:

Sidney disse...

Na minha igreja esse irmão seria disciplinado.
Ele não deve conhecer 2ª Corintios 6:14-18; e se conhecesse seria um caso infeliz de desobediência a palavra; ou então esta havendo uma terrível falha do Pastor dele, e falha por falta de doutrina.
Deus tenha misericórdia dessa geração.

ana disse...

Um jugo desigual, as trevas não se unem com a luz...algo aí ta errado,um deles não é o que se diz ser, um cego ta guiando o outro..

Anônimo disse...

Êxodo 20
3 Não terás outros deuses diante de mim.
4 Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
5 Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.


falso Evangélico
não se converteu acha só porque frequenta um Universal da vida se engana pensando que está salvo


o diabo agradece mais almas pro caldeirão do demônio

Tim disse...

Ô anonimo, talvez o teu deus seja o deus da lei.

Bom se casamento não fosse tema de noticiário.

Márcio Rocha disse...

mesmo com a palavra de Jesus, os crentes permanecem duros de coração.:

"Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações; e então cada um receberá de Deus o louvor."

nesse caso, evangelico e umbandista, quem é luz ou trevas? quer dizer que o nome "evangelico" pressupõe que seja luz e "umbandista" trevas? não pode ser o contrário?

quando parei de ser doutrinado pela igreja no trato com as pessoas e passei expandir meus relacionamentos fora do quadrado, descobri pessoas encantadoras e amigos de verdade...conheci gestos explícitos de Graça e favor em pessoas que os crentes chamam de trevas e bastardos.:

vejo na igreja evangelica uma estranha satisfação no vício da maledicência e no julgamento atroz das pessoas que nem sequer conhecem.:

muitos crentes ainda naum perceberam que o evangelho é relacional e não doutrinário, ao ponto que o próprio Deus fale ao coração de cada um por sua única e exclusiva vontade e liberdade.:

um Deus livre? isto é insoportável para muitas pessoas!

Gabriel Ferrão Moreira disse...

Eu morro e não vejo tudo hehe

Liliane Mabel disse...

Esse casamento só prova que Deus está em todos lugar.
Esses comentários dessas pessoas que julgam, são irrelevantes. Eles conheceram a verdade, assim como esse casal conhece!!
Que Deus continue iluminando o caminho desse casal abençoado!!

Pr. Abimael Alves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pr. Abimael Alves disse...

Simplesmente lamentável....
É certo que isso não passa de uma
jogada publicitária, é só mais um
querendo se aparecer assim como
a menina do vestido curto da Uniban.
E o pior de tudo é que a mídia da vassão
ao ego dessas pessoas, porque também
Não tem nada de mais importante para
Comentar.... lamentável.

Abraços.

Kalil Bentes disse...

Não, não, não, gente!!! Nunca leram que o amor cobre multidão de pecados??? E não sabem que o amor é o vínculo da perfeição, o fim (finalidade) da nova aliança???

Enquanto esta mentalidade evangélica do "obedecer-desobedecer" não for remoldada, esta igreja não terá nada a dizer ao mundo; as palavras de vocês seram espalhadas pelo vento sobrando sussurros de "ignorância", "intolerância" e "farisaísmo".

Amor, galera, amor! Leiam os evangelhos; quando entenderem o que Jesus disse, aí sim vão até paulo, ok?!?!?!

Anônimo disse...

Se não tiver amor........De nada vale o resto...... Meus amigos seguidores de Paulo que tanto se incomodam com a união em nome do amor destes dois jovens que tem apenas convicções diferentes, precisam rever o conceito Amor.........

Anônimo disse...

Pode até ser "permitido" um crente casar-se com uma macumbeira (e vice-versa), todavia, a "parte crente" vai ter muito mais "trabalho" que a "metade macumbeira". Em todos os sentidos... que Deus ilumine suas mentes...

Anna disse...

Gente, nao adianta... pra que tanta falaçao? Quem conhece MESMO a palavra de Deus ja sabia que no final dos tempos seria assim. Vamos nos omitir de julgar, deixem que Jesus o faça. Da nossa parte, cumpramos a Palavra e OREMOS para que o suposto evangelico consiga com seu testemunho converter a umbandista.Deus pode todas as coisas!

Anna disse...

Gente, nao adianta... pra que tanta falaçao? Quem conhece MESMO a palavra de Deus ja sabia que no final dos tempos seria assim. Vamos nos omitir de julgar, deixem que Jesus o faça. Da nossa parte, cumpramos a Palavra e OREMOS para que o suposto evangelico consiga com seu testemunho converter a umbandista.Deus pode todas as coisas!

Amauri disse...

Tudo já foi dito, nos prós e nos contras, todos os julgamentos já foram feitos e as sentenças foram dadas.

Basta agora esperar a sentença de Deus, sobre o casal e sobre os seus juízes...

El-elyon disse...

a questão não é o preconceito que temos com quem não é evangélico, eu jamais colocaria no mesmo altar o meu Senhor Supremo e único que deve ser reverenciado e os espíritos malignos que os umbandistas reverenciam e adoram. Não dá né? ali no momento da cerimônia com certeza o meu Deus não estará, não aceita dividir sua glória com ninguém, mas se o irmãozinho evangélico lá quer casar com a umbandista aí é problemão dele vai ter q combinar pra ela não acord´-lo de meia-noite quando sua amada for fazer seus despachos de galinha preta nos cruzamentos da vida. Imagina os filhos dos dois: de manhã vão a escola dominical e noite vão pro terreiro ai Jesus axo q não vai dar muito certo hein? kkkk

Luz Pilar Pockrandt disse...

Concordo com El-elyon... kkkkkk

Maria Raquel de Freitas Sousa disse...

Rapaz se eu conhesse um ubandista que fosse mais cristao do que um crente ,eu me casaria sim.

Maria Raquel de Freitas Sousa disse...

Se eu conhecesse um ubandista mais cristao do que um crente eu me casaria sim.

Maria Raquel de Freitas Sousa disse...

Catolico nao casa com crente.

Maria Raquel de Freitas Sousa disse...

Sinto muito dizer...eu congrego numa evamgelica e realmente sempre ha intolerancia mesmo...eu nao quero ser crista intolerante,as pessoas devem ser julgadas pelo que fazem e nao pela religiao.

Maria Raquel de Freitas Sousa disse...

Sim,que prevaleca o respeito e o amor ao proximo.

Maria Raquel de Freitas Sousa disse...

Sim.E deixa que Deus julgue.

Blog Widget by LinkWithin