7.12.09

Mãos de tesoura

A raquete, o taco e a mão no bolso. Agora é tarde.

Zelosa com sua imagem, a empresa multinacional Gillette retirou a bola da mão, em uma das suas publicidades, do atacante francês Thierry Henry, garoto-propaganda da marca com quem tem um contrato de 8,4 milhões de dólares anuais. A jogada tenta prevenir os efeitos desastrosos para vendas de seus produtos depois que o jogador trapaceou, tocando e controlando a bola com a mão, para ajudar no gol que classificou a França para Copa do Mundo de 2010.

Apesar de na Irlanda a empresa de apostas esportiva Paddy Power ter feito uma publicidade jocosa no aeroporto da capital Dublin - “Seja bem-vindo a Irlanda, salvo se seu nome é Henry” - acompanhando o clamor de torcedores locais para boicotar os produtos promovidos pelo atacante francês, a imagem de Thierry na publicidade da Gillette foi mantida com a bola.

Na França, onde 8 em cada dez franceses reprovam o gesto irregular, Thierry aparece com a mão no bolso. Os publicitários franceses acham que o gato subiu no telhado. A Gillette prepara o rompimento do contrato. O serviço de comunicação da gigante Procter & Gamble, proprietária da Gillette, diz que não. Em todo caso, a empresa gostaria que o jogo fosse refeito, que a trapaça não tivesse acontecido. Na impossibilidade, refez o que está ao seu alcance, sua publicidade.

Segundo lista da revista Forbes, Thierry Henry é o terceiro jogador de futebol que mais lucra com a publicidade, seus contratos somam 28 milhões de dólares anuais. Além da Gillette, o atacante faz propaganda para a Pepsi e a Reebok. Henry só perde para David Beckham (46 milhões de dólares) e Ronaldinho Gaúcho (33 milhões de dólares).

Tiger Woods, companheiro de Henry na publicidade da Gillete, ao lado do tenista Roger Federer também passa por um inferno astral. Ele sofreu um acidente de carro depois de uma briga com a mulher. O Cadillac Escalade, de Woods, foi danificado pelos choques com um hidrante e uma árvore em frente à casa do golfista. O vidro traseiro foi quebrado a golpes com taco de golfe. No local do acidente, a polícia da Flórida encontrou Woods, de 33 anos, estendido no chão e sua mulher, Elin Nordegren, de 29 anos, prestando-lhe socorro. As autoridades querem saber o que houve? O taco de golf de Woods continua na publicidade.

fonte: Veja Online

Um comentário:

CHICCO SAL disse...

Hummm... que pena que a fabricante de motosserras Husqvarna não patrocina políticos, não é mesmo?

Seria o massacre...

Blog Widget by LinkWithin