8.1.10

Pecados da internet



Quarenta teólogos desocupados reuniram-se na Itália para criar mais pecados, e o alvo desta feita foi a Internet(que para muitos já nasceu em pecado). Agora o católico tem a obrigação de ir confessar estes pecados cometidos:
  1. Usar programas sem a correspondente licença, mais conhecidos como programas piratas
  2. Criar e difundir vírus informáticos
  3. Enviar e-mails ou mensagens eletrônicas anônimas ou com endereços e dados falsos
  4. Baixar ilegalmente música e filmes em qualquer formato via Internet
  5. Roubar programas informáticos
  6. Enviar spam ou e-mail de publicidade não solicitado
  7. Ser um cracker, e considerar glorioso violar a privacidade e a segurança dos sistemas informáticos pessoais, institucionais e/ou empresariais
  8. Abusar das áreas de chat, saturando-as, mas especialmente dando falsas informações sobre si mesmo
  9. Entrar em sites pornográficos
  10. Criar sites pornô na Internet.


Eu diria que a trollagem também deveria ser pecado tão como aqueles sites que obrigam você aprovar que não é um robô.

Imagina cada download um pecado. Imaginem a cena: "Padre, tenho que confessar que fiz mais de 50 downloads de filmes e séries este mês, sendo que grande parte era pornografia. Também tenho um fake no Orkut que trolla todo mundo. Meu Windows é pirata e eu uso Corel e PS piratas. Semana passada eu roubei o MSN de um cara que não fechou o programa em um PC da Lan House."

Haja penitencia...

Bruno Vox, no blog Lion of Zion

13 comentários:

Anônimo disse...

Eles não criaram, apenas oficializaram vários pecados. Apesar de não ver necessidade de oficializar o que já existe a minha questão é: Onde já se viu o povo evangélico ser praticante e defensor da pirataria?? Quero ver se um dia piratearem o pavablog se o pavarini vai dizer que se trata de um pecado criado pelos tais teólogos católicos!!


Mauro.

blogdaleilahh disse...

Isso tudo pode parecer radical...mas...gostei!
E olha que nem precisava deles descreverem todos esses pecados...pois sabemos disso tudo conforme Gálatas 5.19-23.

Anônimo disse...

O padre no qual eu iria visitar pra confessar meus pecados iria ouvir tanta coisa sobre putaria e afins que ele certamente iria visitar cada site indicado por mim.

Duvido que alguém use a internet sem dar uma olhadela que seja em algo relacionado à sacanagem. Ver peitos e bundas de alguma "famosa" Leia-se Mirela e sua belíssima bunda, andando pela Barra da Tijuca etc.

É isso!

Bianca Ventura disse...

rsrsrs.. Engraçado que para alguns cristãos isso já é pecado. Totalmente fora dos padrões do "viver em santidade", e, particularmente, acho que tem que ser levado a sério mesmo! Ninguém merece ficar criando novas contas de emails devido a invasão de hackers, e pior: tirar o direito de quem compôs ou gravou uma música/CD pq é mais fácil (e barato) "baixar" da internet.
Boa, essa iniciativa dos católicos! Aprovado!! (rs)
Abraços.

Anônimo disse...

Hipocrisia pouca é bobagem, mesmo!

Que defenda essa babaquice toda quem nunca tiver baixado uma única música 'de grátis', nunca tenha instalado um software 'de grátis', nunca tenha dado uma espiadinha num site hardcore ou mesmo nos peitinhos daquela modelo gostosa...

É com essa conversa mole de pirataria que os estúdios norte-americanos e casas produtoras de software continuam enchendo seus bolsos de grana, gerando mídia e publicidade gratuita ao redor do mundo todo.

Só otários acreditam na pureza e nas boas intenções dos fabricantes.

Bruno Vox disse...

Na verdade fui eu que escrevi isso aí no blog do Marco. hehehehehe :P

Bruno Vox disse...

E Quem nunca praticou pirataria atire a primeira pedra. Eu conheço paróquia, igreja protestante que usa programas piratas.

E eu não estou defendendo a pirataria, achei curioso essa de "criar" esses pecados, pois antes não era pecado, segundo a ICAR.

Thiago Mendanha disse...

ih, é mesmo...

Bruno, devidamente corrigido! =)

sorry, aê!

abs

Bruno Vox disse...

Thiago

Não se preocupe cara hehehe, mas isso tb é um pecado :P

Andrea disse...

Pedofilia é CRIME mas tem mto padre que não está nem aí, e vive assediando criancinhas... e pior, se fazem de santos...

Duda disse...

Bom, pra mim quanto mais pecado melhor: mais perdão, porque eu cometo todos estes (todos os dias) e sigo confiando na misericórdia infinita.

Basta agora saber se vai haver um juízo final virtual, ou um Deus virtual, pra que os pecados virtuais possam ser devidamente computados. Podia mesmo ser criado um ministério divino para assuntos virtuais, ou uma auditoria virtual de Deus, sei lá...

Abraço!

Emanuel disse...

Estão certos, pirataria é crime! Ou os piratas antigos não eram criminosos? Quer dizer que se eu ver uma BMW na loja e quiser, basta entrar e pegar? Ué, é muito caro, não tenho grana pra uma, acho sacanagem cobrarem tão caro por um carro, etc... São as mesmas desculpas para baixar filmes ou CDs... Acho caro, não tenho grana pra ir no cinema/comprar o CD, eles já ganham muito, por que cobram tão caro? Quer algo gratuito, use softwares Livres, como Linux... Compre CDs em sebos, alugue filmes... A internet sai uns 100 pila por mes, da pra comprar 5 CDs no sebo e alugar uns 10 filmes, ou assine teve a cabo... Filmes e séries a vontade... Não é desculpa fazer pirataria.

Diógenes SkauSURF disse...

Sempre achei a figura do padre uma coisa patética, agora padre nerd?

É o cúmulo do absurdo.

E vale a máxima: NERD SÓ FAZ NERDICE!

Blog Widget by LinkWithin