19.3.10

Ana Paula Valadão é coerente



Vejo muitos músicos católicos que ingenuamente repercutem pessoas como esta senhora [Ana Paula Valadão] que tem a marca da intolerância religiosa”. – Padre Joãozinho, em seu blog, escandalizado com o fato de uma cantora protestante ser uma cantora protestante.


Ana Paula Valadão tem uma imagem de madeira, rechaça o anti-catolicismo comum das igrejas protestantes brasileiras e é conhecida por ter amizades com cantores da Renovação Carismática Católica, a exemplo do seu irmão, o cantor-pastor André Valadão, amigo da banda católica Rosa de Saron. Ela é estimada no meio católico, especialmente dentro do movimento pentecostal católico e já ganhou até defesas contumazes por parte de sacerdotes televisivos, como o Padre Fábio de Melo – que não é carismático.

Mas Ana Paula resolveu “profetizar” a queda da idolatria no catolicismo… Foi o que ela fez durante um show gospel neste ano, na Bahia. Estas foram as palavras da cantora-pastora:

Receba o tambor, receba o tambor… É a ruína dos falsos deuses, é a ruína do povo idólatra!Aonde a idolatria chegou, aonde chegou o culto aos deuses. Onde entrou a influência de toda mariolatria no nosso Brasil, desde as primeiras missas efetuadas em solo brasileiro… Aonde entraram os primeiros escravos da África, trazendo seus deuses, trazendo culto aos deuses falsos africanos… O Senhor fará soar novos tambores nesta nação. Eh, oh! Rárárá! Que loucura santa é essa meu Deus?! (…) E eu profetizo no nome do Senhor, a queda de escamas da idolatria nos olhos de homens, mulheres, jovens, velhos. A Igreja Católica Apóstolica Romana, no Brasil, será invadida por uma onda de conversão… Haverá entre os padres, entre os seminaristas um espírito de ousadia para tomarem posição diante do senhor”.

Natural, me perdoem os escandalizados. Ana Paula não é católica. É protestante. E apesar de não ser anti-católica, apesar de considerar os católicos como bons cristãos, apesar dos pesares, ela, como todo protestante, não reconhece a Igreja Católica como a única Igreja fundada por Jesus Cristo. Ela não reconhece o Papa como o sucessor de Pedro e além de tudo tem uma queda, infeliz, por uma expressão pretensamente petencostal conhecida por Benção de Toronto, um movimento que transformou o cristianismo num circo (por isso a bobagem dos tambores que ela diz no vídeo – acho que ela mesma inventou essa… Por isso os risos exagerados. Mas tudo uma bobagem pequena se comparado à “unção do leão”, que já fez a cantora-pastora andar de quatro no palco e rugir).

Mas se é preciso tomar algum partido nessa discussão, afirmo que estou do lado de Ana Paula Valadão no que diz respeito a sermos coerentes com nossos compromissos. Se sou comprometido com o catolicismo devo ser católico. É óbvio que lastimo as palavras de Ana Paula, no vídeo, mas de modo algum posso dizer que estou surpreso.

Minha surpresa é ver Pe. Joãozinho falar que “músicos católicos ingenuamente repercutem pessoas como esta senhora”! Ora, padre Joãozinho… E o que falar de músicos católicos que ingenuamente repercutem Padre Fábio de Melo elogiar o protestantismo de Ana Paula Valadão? O que dizer aos músicos católicos ingênuos que repercutem a abertura da Canção Nova à pró-aborto Dilma Rousseff que, inclusive, fez leituras da Bíblia Sagrada no maior vão coberto da américa latina? O que dizer ainda aos músicos católicos que ingenuamente repercutem a admiração do católico Gabriel Chalita pelos comunistas do Brasil?

A mim parece que há questões muito mais importantes e anteriores à Ana Paula Valadão na vida dos músicos católicos. Tratá-los como vítimas de uma cantora protestante com “discurso pseudo-religioso” é jocoso… Tratar Ana Paula Valadão como uma intolerante religiosa é criminalizá-la, é agir como fizeram com Padre Jonas Abib quando da publicação de um livro a respeito do espiritismo.

Enfim, me surpreende como um padre católico consiga ter arroubos de indignação diante da declaração de uma protestante que se comporta, é forçoso dizer, com uma coerência que anda muito em falta no clero católico, especialmente o clero brasileiro.

Mas o que acho sobre o vídeo, afinal? É minha compreensão que Ana Paula precisava dar alguma satisfação aos evangélicos por tanta aproximação pública com o catolicismo – para não falarmos das aproximações privadas, dos seus encontros com um padre da TV Século XXI e de sua leitura dos escritos de Santo Agostinho. Infelizmente ela decidiu dar essa satisfação da pior maneira possível: atingindo o culto mariano e situando a Igreja Católica no mesmo terreno de idolatria da umbanda. Mas podemos dizer que ela foi incoerente? Eu não estou convencido de que podemos.

Podemos dizer que ela demonstrou intolerância religiosa? Ridículo dizer isso. Ana Paula expressou sua desinformação sobre o catolicismo, especialmente. Nem toda desinformação é sinônimo de intolerância ou preconceito. E, depois, ela não falou em nenhum momento sobre a “queda do catolicismo”, ela falou sobre queda de escamas da idolatria, para sermos exatos. O que de modo algum justifica o raciocínio problemático da pastora, mas ainda assim não é Ana Paula que trabalha pela queda do catolicismo.

Infelizmente constato, todos os dias, que os que trabalham de fato pela queda do catolicismo não são os protestantes de fora, mal-informados, são os protestantes de dentro da própria Igreja Católica, cultos, intelectualizados e às vezes até com talentos artísticos prestigiados pela mídia, pela maior gravadora do Brasil e até mesmo por clérigos.

São esses protestantes que me preocupam, de fato. Porque são eles que se aproveitam, verdadeiramente, da ingenuidade de muitos católicos. São eles que se aproveitam da estrutura – e do financiamento – da própria Igreja Católica para ridicularizar seus dogmas, são eles os verdadeiramente perigosos ao contrário de Ana Paula Valadão, uma alma confundida por sua educação Batista, confundida pelos exemplos de “bons” católicos que ela tem, alguém que ri à toa acreditando estar manifestando os carismas do Espírito Santo, que imita leão, que bate tambores invisíveis…

Preocupar-me com a cantora-pastora? Minha preocupação para com ela se limita a manter-me rezando pela conversão de Ana Paula Valadão ao cristianismo por inteiro que somente se pode encontrar no catolicismo, apesar dos incoerentes.

***

Texto original: Pe. Joãozinho - Ana Paula Valadão profetiza queda da Igreja Católica

Excelente texto do Wagner Moura

Sabe o que mais me impressiona? Ver que muitos católicos conseguem separar o joio do trigo melhor do que quase todos os evangélicos. Aliás, o único evento gospel recente que tive vontade de assistir foi o show do André Valadão + Rosa de Saron.

20 comentários:

Douglas Negrisolli disse...

#gorfei nos primeiros 40 segundos. Incoerência total né?

Anônimo disse...

Há 2 mil anos Jesus disse para não separar o joio do trigo e há 2 mil anos a igreja separa o joio do trigo. É só ver lá em Mateus 13.24-30, 36-43 onde está tudo como sempre muito bem explicadinho. Pena que nós evangélicos conservadores da reta doutrina ignoramos certos textos da Bíblia.

Mauro

Juber Donizete Gonçalves disse...

Pava,

Realmente o editor do blog católico foi equilibrado no seu texto, coisa que anda meio rara no meio evangélico.

Abração.

Monica disse...

De fato, o editor do blog católico foi coerente com seus princípios.
Embora equivocado em diversos aspectos quanto à essência da igreja protestante, ele apontou o desequilíbro que a mesma vem experimentando, o qual é demonstrado por meio de atitudes deploráveis e até ridícuas de certos evangélicos, as quais tanta vergonha alheia nos causa...

Charles A. Müller disse...

Interessante observar que vários irmãos católicos conseguem separar um suposto "ataque à instituição" (Igreja Católica) do que realmente aconteceu, a crítica a uma prática específica dos católicos, que é a veneração às imagens e a devoção à pessoas, coisas que a Bíblia condena.
Muitas vezes ocorre um erro grave no meio protestante que é o isolamento ou a crítica raivosa institucional (ou denominacional). Quando o certo seria a aproximação e o amor, claro, sem abrir mão da exortação no que for necessário.
Vale lembrar que mesmo no meio evangélico existem coisas que carecem de exortação, práticas igualmente não-bíblicas. Portanto nosso segmento da Igreja não é superior a nenhum outro, tem igualmente falhas. E mais, é bíblico e profético que, nos últimos tempos, até muitos salvos irão apostatar (desviar) da autêntica fé.

Anônimo disse...

Pelo que percebi, a incoerência está no fato de entenderem "evangélicos" e protetantes como um único seguimento. Há diferenças estelares entre os dois seguimentos, Basta uma visitinha rápida a uma "igreja" Luterana e na "igreja" Renascer para se ter uma idéia do que digo. Mas cuidado... você pode voltar das visitinhas ainda mais confuso, perdido e irônicamente bem mais distante de Deus.
Carlos Alberto-Pr.

Tania disse...

Olá, queridos, vocês viram? O Pe Joãozinho mudou o título do texto original no seu blog. Foram tantos comentários adventindo o padre de que a Ana não usou o termo QUEDA que ele tirou esta palavra do título... Eu também postei um longo comentário no blog dele e percebi que vários irmãos passaram por lá também. Que caia por terra mesmo qualquer tipo de idolatria praticada em solo brasileiro e que os praticantes sejam alcançados pela misericódia e pela graça de Deus, aceitem a Jesus como único Senhor e Salvador de suas vidas, reconhecem a Cristo como único mediador, em nome de Jesus!!!! Amém?

Anônimo disse...

A verdade é que esse padre e todos os católicos fecham os olhos diante de um texto bíblico encontrado em Êxodo 20.4-5! Acredito que o ataque de Ana Paula não é contra a Igreja Católica Apostólica Romana (pra quem não sabe Igreja não é o templo, nem a instituição religiosa, mas sim as pessoas que fazem parte),mas sim contra as práticas antibíblicas da mesma! Leia o texto e saberão do que estão falando! Discutir e discutir! De que adianta?! Vamos ler a Palavra e Ela nos ddará a resposta!

pr Osmar disse...

alguém tem que parar esta menina..tá perdidinha

Edu disse...

Ridículo esse padre!!! Dizer que a Ana Paula (o que inclui todos os protestantes) padece de "desconhecimento do catolicismo"? Pelo amor de Deus! Onde estão as provas de que Pedro foi o primeiro papa? Um papa pode ter sogra? E a sogra de Pedro, relatado na Bíblia? E por acaso, o primeiro concílio relatado em atos foi presidido por Pedro? Não! Tiago foi quem tomou a palavra e a direção. Nem vou tocar no assunto da idolatria, porque os defensores da Santa e única igreja do Senhor (A Igreja Católica) vão atacar... fazer o que, as escamas mal lhe permitem enxergar o que está escrito na sua carta magna, as Sagradas Escrituras!

ricardo disse...


Perdidinho tá o autor do artigo no seu talibanismo católico.

Onde esse coitado vai se amparar ao dizer que a única igreja fundada por Jesus foi a ICAR?! Quanta imbecilidade, esse estúpido padre não sabe que Jesus sequer fundou uma religião e vem de dizer que fundou uma igreja?!

Papa sucessor de Pedro em que? Não é (ou deve ser) "Cristo o cabeça da Igreja"? O Papa Ratzinger é tão sucessor de Pedro quanto o "apóstolo" Estevam Hernandes, seja por reivindicação própria ou por conta de meia dúzia de ovelhas baba-ovos!!!

Não foi a "bênção de Toronto" e/ou outras esquisiteces ditas pentecostais que tornaram o Cristianismo num circo. O que torna o Cristianismo num circo são os líderes que se acham donos da verdade, arautos da justiça e ortodoxia e inquestionáveis e intocáveis manifestações epifânicas e teofânicas. Nesse balaio de coitados podemos incluir não somente os papas mas muitos pastores, bispos, apóstolos e sumidades gospel.

Por fim, gostaria de me dirigir ao autor do artigo, com muito respeito, amor e carinho: ô abestado, cala a boca e vai dormir!

[ ]'s ricardo

Vinicius disse...

"ao cristianismo por inteiro que somente se pode encontrar no catolicismo"
#Eu ri

Leny Brito disse...

Que frenesi coletivo é esse??

Adriana Neumann disse...

Quanto mais eu assisto aos videos da APV, mais me convenço de que ela não bate bem mesmo.

E pensar que o povo ainda paga pra assistir a toda essa bizarrice!!

Anônimo disse...

É incrivel a capacidade dos catolicos de camuflarem as escrituras sagradas, ou sera q textos contra a idolatria como EXODO 20.4-5 iSAIAS 45.20 E ISAIAS 42.8 não existem nas escrituras sagradas? o evangelho de Cristo é o amor , mas amar não é aceitar aquilo que vai contra os mandamentos do Senhor, que a Ana Paula continue sim a denunciar a idolatria em nosso País...infelizmente nossa nação é uma nação de um povo idolatra e não falo só pelos catolicos pq existem muitos crentes iguais ou piores que eles, a verdade é q o evangelho de Jesus pouco tem sido pregado, o que diria o Senhor vendo tudo isso? em vez de julgar se a Ana Paula e coerente ou não deveriamos verificar o que temos feito pra proclamar o evangelho genuino e simples que prega que só Jesus é o Senhor.... elA tem feito a parte dela e nós o que temos feito? que o Senhor seja misericordioso conosco!!!!

Anônimo disse...

só acrescentaria umas coisinhas às palavras da Ana: "E eu profetizo no nome do Senhor, a queda de escamas da idolatria nos olhos de homens, mulheres, jovens, velhos. A Igreja Católica Apóstolica Romana e toda Igreja Protestante, no Brasil, serão invadidas por uma onda de conversão… Haverá entre os padres, entre os seminaristas e pastoresum espírito de ousadia para tomarem posição diante do senhor".

Acho que assim fica mais coerente. Afinal, todos precisamos desse espírito de ousadia para tomar posição diante do Senhor. Seja com relação à idolatria, às falsas doutrinas, a julgamentos precipitados, palavras insípidas, à ignorância, à nossa passividade diantes dos problemas reais do planeta, enfim, a todo e qualquer desvio do evangelho.

Qual Igreja você considera incólume?!
(só há uma resposta e não é nem a Católica nem nenhuma protestante)

pontuando: existe a Mariolatria e a Dinheirolatria também. Entre outras idolatrias aqui e acolá...

Anônimo disse...

Os católicos são idolatras e não conhecem à bíblia, pq é bem claro sobre a idolatria e coitados ao acharem que fazem o certo. Não sabem nem o que é sentir a presença do Espírito Santo. Vcs católicos não sabem de nada,criam santos e ideusam Maria, nada contra mais Maria foi apenas uma pessoa que Deus escolheu para dar a luz a Jesus Cristo, agora ficam com essa idolatria toda, que ridículo, vão adora o único que é digno de toda adoração JESUS CRISTO!!!

shalomlahena disse...

meus queridos vcs não entende as palavras de ana paula.. pq somente os espirituais compreende ..a palvra de Deus é verdadeira ...e nela fala dos falsos Deuses da idolatria etc,somente o Deus o todo poderoso adorarás,,, é ficaram de fora os idolatras os feiticeiros os mentirosos,,etc... procuram ler a palavra de Deus,,e pedem sabedoria de Deus ..E VCS VERAM O espirito da palavra...bjos

Anônimo disse...

Ana Paula é coerente. Sem dúvida.
Ela é filha de Lutero.
Os filhos fazem as obras de seu pai que são blasfêmia, mentira, arrogância, corrpução e auto suficiência.
Nada que já não tivessemos visto.
Os filhos de Lutero são assim mesmo.
Brigam, brigam, dividem-se, dividem-se, fragamentam-se e pulverizam a mensagem do evangelho.
Da mesma forma que nutrem ódio contra o catolicismo são intolerantes até mesmo com seus pares.
Ana Paula Valadão nada fez além de praticar as obras do seu pai.
E seus seguidores fazem as obras de seus mestres.
Por isso se diz: "...deixarão a sã doutrina e seguirão ensinamentos de homens."

Anônimo disse...

Esta menina já passou dos limites e mesmo os evangélicos em grande maioria não lhe dão o menor crédito. Devemos os preocupar realmente com as coisas que interessam e não com esta cidadã que não sabe o que faz ou o que fala.

Blog Widget by LinkWithin