13.3.10

A gente estancou de repente



Chico Buarque e MPB 4 interpretam Roda viva. Já se passaram 43 anos e a inspiração parece só crescer com o tempo, coveiro da mediocridade.

Roda viva
[Chico Buarque]

Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu

A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração

A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira prá lá

A roda da saia mulata
Não quer mais rodar não senhor
Não posso fazer serenata
A roda de samba acabou

A gente toma a iniciativa
Viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a viola pra lá

2 comentários:

Eliézer disse...

Maravilhoso. É motivo de orgulho termos um compositor do nível de Chico Buarque produzindo músicas que encantam e fazem refletir.

Márcio de Souza disse...

O cara é simplesmente um gênio... letras como as do Chico podem ser até visualizadas...

http://www.marciodesouza.com

Blog Widget by LinkWithin