12.3.10

Poder de fogo

MS: pastores estão envolvidos em tráfico de armas

Sete fuzis que estavam no fundo falso de um veículo foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal, na rodovia BR-262, em Miranda (MS), na quarta-feira (10). Segundo a polícia, os dois homens que estavam no automóvel, se identificaram como pastores. Em depoimento o pastor responsável pelo carregamento disse que as armas vieram da Bolívia e seriam entregues no Morro do Martins em Niterói Rio de Janeiro. Pelo transporte, o grupo receberia R$ 20 mil.

Os fuzis apreendidos são do modelo M15, de fabricação norte-americana, utilizado pelas tropas dos Estados Unidos no Iraque. Um disparo desse tipo de arma é capaz de furar a uma distância de até um quilômetro um colete à prova de balas.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), essa é a maior apreensão de fuzis dos últimos anos no estado. Os presos e as armas foram encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal em Campo Grande. Os três pastores vão responder por tráfico internacional de armas.

A apreensão ocorreu durante fiscalização de rotina na rodovia. Após a descoberta das armas, os dois homens, S.B.F.N, de 42 anos, e F.J.S.F., de 33 anos, revelaram ainda o nome e endereço de um terceiro religioso, que também estaria envolvido no esquema, F.F. de M., de 31 anos. Ele foi preso horas depois.

Fonte: G1 e O Globo
dica do Fernando Passarelli

Alguns sites ligaram esses "pastores" à Igreja Mundial do Poder de Deus. Desculpe o trocadilho infame, mas está mais para "poder de fogo".

6 comentários:

Pavarini disse...

pra refrescar a memória, notícia publicada em 23/4/2003:

Bispo evangélico é preso com armas e munição

Beneficiado por um alvará de soltura, foi posto em liberdade, nesta quarta-feira, o bispo evangélico Waldemiro Santiago Oliveira, de 39 anos, da Igreja Mundial, preso durante uma blitz em Sorocaba (cem quilômetros a oeste de São Paulo), por levar no porta-malas do carro uma escopeta, duas carabinas e munição.

Outras duas armas e mais munição foram apreendidas em vistoria à casa do bispo. Foram apreendidos, no total, 148 cartuchos.

Oliveira alegou que as armas eram de caça e estavam sendo levadas para um amigo, numa fazenda próxima. Os policiais deram voz de prisão ao bispo, indiciado em flagrante por porte ilegal e, em razão das características das armas, sem direito a fiança.

Oliveira poderá responder também por crime ambiental, se ficar comprovado que usava as armas para caçar, como declarou aos policiais.

fonte: O Estado de S.Paulo
dica do Chicco Sal

João Magalhães disse...

Em breve, a unção do pó, o santo incenso da canabis e o mover do conta gotas sobre o "doce". Fala sério, o que ainda falta acontecer?

Gisela disse...

Podiam ter divulgado os nomes, para que os bons não sejam vistos com os mesmos olhares merecidos pelos maus.

Moisés Lourenço Gomes disse...

Eles só queriam fuzilar o diabo.

Renato Cavallera disse...

e segundo moradores daquela área, eles são ex pastores da Universal.

Anônimo disse...

Só pra por uma pimentinha...
Será que se fossem gays isso seria citado na reportagem com a mesma facilidade?
Esses bandidos se aproveitam das igrejas para despistar, por saberem que serão menos visados, mas chega a hora que a máscara cai e quem sai perdendo é o verdadeiro povo cristão que fica mal visto.
Esses caras são qq coisa menos cristãos assim como outros infiltrados na politica.
Que Deus nos ajude!

Blog Widget by LinkWithin