3.5.10

Palanque de Serra, Congresso dos Gideões recebeu patrocínio do PSDB

PSDB ajudou a bancar o evento evangélico pró-Serra

Marcello Casal/ABr

O governo de Santa Catarina e a prefeitura de Camboriú, ambos geridos por tucanos, injetaram R$ 540 mil no encontro anual da Assembléia de Deus.

O nome oficial do evento é 28º Congresso Internacional de Missões dos Gideões Missionários. No sábado (1º), converteu-se em “palanque” de José Serra.

Orçado em cerca de R$ 800 mil, o ato missionário teve dois terços de seu custo bancado pelas arcas do Estado e do município.

Submetido ao governador tucano Leonel Pavan, o tesouro catarinense entrou com R$ 300 mil.

Comandado pela prefeita tucana Luzia Coppi, o erário municipal de Camboriú borrifou no borderô do evento R$ 240 mil.

Deve-se a revelação ao repórter Graciliano Rocha. Os dados recolhidos por ele foram levados às páginas da Folha.

Associados à candidatura Serra, PSDB, DEM e PPS passaram o final de semana fustigando Lula e a candidata oficial Dilma Rousseff.

Informaram que, nos próximos dias, levarão ao TSE uma nova representação contra o presidente e a candidata dele.

Acusam-nos de transformar os festejos de 1º de Maio das centrais sindicais em atos de campanha.

Afora a propaganda eleitoral extemporânea, cogita-se questionar o patrocínio estatal.

Juntos, Banco do Brasil, Caixa Econômica, BNDES, Petrobras, Eletrobras e Infraero despejaram no 1º de Maio político-sindical algo como R$ 2 milhões.

A descoberta de que Serra desfilou sua candidatura em evento que também foi azeitado com verbas públicas sujeita o tucanato ao mesmo tipo de ação.

Ouvidos, governo e prefeitura do PSDB negaram que o patrocínio sacrossanto de Santa Catarina tenha ligação com a presença de Serra.

O governo federal também nega que o adjutório dado às centrais tenha motivação política.

Empatados na retórica, petistas e tucanos só não podem negar o inegável: fizeram campanha pendurados à bolsa da Viúva.

Estima-se que Lula e Dilma viram e foram vistos por cerca de 1,3 milhão de pessoas. Fizeram campanha aberta.

Na festa da CUT, Lula injetou drama na pantomima. Ao lembrar que o fim de seu governo está próximo, o cabo eleitoral de Dilma chorou.

Quanto a Serra, discursou para uma platéia estimada em 160 mil pessoas. Falou num ginásio. E teve a imagem reproduzida em telões instalados do lado de fora.

O lero-lero de Serra foi transmitido também, ao vivo, por 180 emissoras evangélicas.

Serra pediu aos fiéis que orassem a Deus, pedindo que ele tenha "sabedoria para enfrentar as lutas e desafios daqui por diante".

Os pastores dispensaram a Serra um tratamento de “futuro presidente”. Instaram a platéia a fritar-lhe o nome. Braços erguidos, o candidato fez o “V” da vitória.

Instado a comentar o apoio dos pastores, Serra saiu-se com essa: "Só faltaria eu dizer que não estou de acordo. O contrário. Todos os votos positivos eu acolho".

Então, tá! Resta saber se, processado pela oposição, Lula e o PT dirão amém.

Josias de Souza
dica do Geraldo Teixeira Júnior

10 comentários:

Anônimo disse...

Ja vi que esse congresso e politico,
pensei que fosse espiritual mais so e politico,ate esses pregadores sao politicos estou decepcionado com vcs mesmo,nao levem Jose Wueliton pois e um politico da marca maiore u pilatra eu digo por que sei.

Anônimo disse...

Vamos deixar de onda... por trás de cada aparição de político seja do PT, PSDB, PQP, etc haverá sempre um 'arranjo' entre a turma deles e a turma dos líderes religiosos. Foi assim, é assim, será assim desde sempre aqui no Brasil. Ou vcs são tão idiotas de imaginar que a Igreja CAtólica conseguiu o patrimônio que tem no país só com ofertas de seus fiéis?

É só verificar o quanto de grana pública é repassada a cada ano para as instituições católicas quer sejam elas de educação, beneficentes, etc.

E mais: templos católicos podem ser alvo da Lei Rouanet e receber incentivos fiscais. Templos evangélicos não.

Templos evangélicos têm de cumprir regulamentações e regulamentações legais e fiscais, etc, municipais, estaduais, federais.

Peguem a Lei da Acessibilidade e vejam quantas igrejas católicas construiram uma simples rampa de acesso apra cadeirantes...

E veja se uma delas, uma só, cumpre a lei do recuo em suas construções. E nem por isso são embargadas suas obras.

Por trás de todas essas coisas há sempre um 'arranjo'...

Se duvidarem verifiquem o quanto custou a reforma da Catedral da Sé e procurem numa hemeroteca: encontrarão até mesmo o Pe. Rossi em Brasília fazendo o passa chápeu...

O que nós todos brasileiros, quer evangélicos ou não precisamos, é ter vergonha na cara e ver que nossas lideranças (com raras exceções) estão podres, corroídas até a raíz, pela insana busca e manutenção do poder,parar de ficar achando que esses líderes buscam o nosso bem, o bem da Sociedade e não o bem de seus próprios bolsos.

É ano de eleição... façamos algo diferente: não votemos nos mesmos, nos que já foram eleitos alguma vez, em artistas que cairam de paraquedas para puxar votos para esta cambada de aproveitadores.

Gil disse...

Como fazer esse (gado) povo entender que são apenas massa de manobra? Não dá pra enfiar na cabeça deles. Não se deixam ensinar, tem preguiça de pensar, teem medo de ao menos terem pensamentos críticos. Conclusão: Vamos continuar vendo estas coisas acontecendo até o dia que o Eterno achar que basta. Se é que Ele tá preocupado com tudo isso também.
Abçs!

Pastor Afonso disse...

Desde de 2003 a prefeitura e o governo do estado investem no Congresso Gideões
.
Alias, o Congresso esta na sua 28 edição, vinte e oito anos, dos quais 20, sem ajuda nenhuma
.
O filme do LULA, que foi umfracasso de bilheteria, perdeu até pra Xuxa, foi todo patrocinado pelo Pt e seus 'investidores'
.
Dos dois, o Serra ´´e muito melhor que a Dilma
.
Se o PT ganhar, dessa vez eles vão PILHAR as igrejas Evnagélicas
.
.
.

Carla Cunha disse...

Esse pastor Afonso ainda nao foi catar coquinho?

Felipe Medeiros disse...

Cara, sejam cristãos doutrinados. Não se sustentem em religião. Tudo isso pela politicagem. Ora, se há religião, existe politicagem. O poder para os religiosos é ter mais fiéis(sem julgar,até porque tem suas virtudes). Quando tiro um sorriso de uma criança com leucemia, eu me desprendo da religião imediatamente, porque naquele momento, só há eu, o espírito santo e minhas doutrinas filosóficas. E antes de virem com mais interesse e politicagem, pensem duas vezes antes de falar "bem" do Serra. Um cara com o autoritarismo dele, é bastante perigoso. Sejam cristãos quando forem votar, não eleitores escrotizados e alienados por interesses religiosos e politicos. E a beleza do ensinamento de Cristo, não está no esquizofrenismo de gerir multidões, mas na serenidade de mudar pessoa por pessoa.

PriAliança disse...

Gideões são ricos e fazem parte de uma classe abastada e dominante. É ÓBVIO que vão lutar por seu próprio bem-estar e status quo. Quem melhor pra proteger os interesses dos poderosos endinheirados conservadores do que Serra? No surprise there.

ricardo disse...


Zentiiii! Ki coisa fea!!! Climi eleitolal é climi i Papai du céu bliga!!!

Me conta uma coisa: que é que tem a ver o c* com as calças? O que o Serra vai fazer num evento de missões senão cobrar a fatura do patrocínio tucano via prefeitura de Camboriú e estado de Santa Catarina?

Acho que nem vale a pena falar do cinismo DEMO-Tucano-PPSista diante da sacanagem que desses putos pastores que organizaram o evento.

Veja só que sacanagem: os mesmos que dizem ser contra o casamento gay, aborto e um monte de coisas de ordem moral são os mesmíssimos coniventes com a corrupção, desvio de dinheiro público, etc. Têm moral pra bater com a mão esquerda em quem não concorda mas, por não terem moral nenhuma, estão com a mão estendida pra receber dinheiro de quem tem menos moral ainda e com este concorda.

E o cinismo e para-de-pau não para aí não! Pra ninguém ficar com culpa na consciência, todo mundo se apressa em dizer: Ah, a ICAR mamou nas tetas do governo, agora chegou a minha vez. Um erro justifica o outro ou minha gana por dinheiro justifica meu erro?

Uma atitude dúbia como estas em termos éticos e morais é o que se pode dizer na Bíblia de "ânimo dobre". Num bom, velho e escrachado português, podemos chamar de "putaria franciscana".

Acho extremamente justa a perseguição contra a Igreja, vejo a mão de Deus atuando nisso. Quem tem controle sobre essa putada? Deus passa longe disso! Dizem "ética", "cristã", "moral" mas não tem nem direito de abrir a boca.

Que venha o PL 122 ou outra forma de fechar igrejas, prender pastores e fieis. A "noiva desvairada" não quer fogo? Que seja o fogo do trabuco e não o fogo do inferno ou "fogo estranho". Parafraseando... "perseguição mata e ensina a viver".

Quem não tá preocupado com "aparência do mal" e outros pormenores extremamente importantes, tem que levar um sacode pra ver se acorda.

[ ]'s ricardo

Roberto disse...

Considero muito lógica a parceria Serra/Assembléia.
Pelo menos nas questões aborto/homossexualismo terão cobertura, porque o Serra tem demonstrado posição conservadora.
Ao contrário, a candidata Dilma, comunista de berço, não acredita em Deus, mas como está em campanha, diz que acredita em Deus, e nessa "Deusa Mulher", que é a "nossa senhora" , inclusive a preferida dela, a nossa senhora da boa morte, conforme entrevista ao Datena, na Bandeirantes. Tem a posição dos esquerdóides com respeito ao aborto e questões sexuais. Isso a distancia e muito dos evangélicos.
Quanto às questões morais, infelizmente nenhum político pode apontar o cisco nos olhos do adversário, porque tem argueiro nos seus.
O PT não fala mais em honestidade.

Anônimo disse...

Ingenuidade!!! Se o sistema só funciona com $$$, como o sistema religioso vai fazer pra fazer as coisas acontecerem??? Ou por acaso o PAVA tem esse Blog, só porque ama pentelhar a vida dos religiosos evangélicos que se dizem cristãos??? rsrsrs $$$$$$$ Continue PAVA e aproveite a vida $$$$$. AMO VCS

Blog Widget by LinkWithin