22.6.07

O Leão, a pastora e o guarda-roupa (2)

Saímos para a ministração às 16h. Me vesti de acordo com o que o Espírito colocou em meu coração. Um vestido de veludo azul que comprei há mais de 10 anos no Seminário em Dallas. Um cinto preto largo com “cara” de autoridade. Botas pretas, assim como na última viagem em Florianópolis, com essa mesma mensagem de força, poder, autoridade, e conforto necessário para pular e pisar com força, profeticamente, na cabeça do diabo. Meu cabelo, cacheado, restaurado como no princípio. Meus brincos comprados em Israel, e o anel com a pedra ametista que ganhei quando eu nasci. Olhei para mim mesma no espelho e vi uma guerreira.

Tivemos um tempo de oração precioso no camarim atrás do palco. Foi interessante o peso espiritual que queria vir sobre nós. Todos se levantaram e resistiram. E foi contagiante a alegria que nos encheu. Senti como se em meu corpo minhas forças estivessem sendo sugadas, sem forças para respirar fundo, muito menos cantar. Mas no meu coração havia confiança de que tudo iria se romper.

O CTM ministrou e foi muito bom. É tremendo para mim ver esta nova geração, em especial a Marine, em quem tenho acreditado e investido. Depois deles comecei, e instante após instante senti a direção do Espírito me guiando e dando as palavras certas, as melodias espontâneas, a unidade entre a equipe. Ainda que muitas vezes me esforçasse, rompendo pela fé, agindo com força, sentindo fraqueza.

As pessoas estavam totalmente abertas, sedentas, participando, cantando tudo. O evento foi no estacionamento da Uni Evangélica, que mais tarde fique sabendo que é ultra tradicional. Graças a Deus não me disseram isso antes, e não me intimidei em nada.

Quando a Helena ministrou “Lugares altos” trouxe uma palavra sobre Joás e Eliseu, e o episódio da “Flecha da vitória do Senhor”. Mal podia imaginar que o Senhor estava ministrando a intensidade e a fé no ato profético, que eu iria precisar mais à frente.

Houve um momento em que fez um “clique”. Uma mudança na atmosfera. Depois da música “Manancial” comecei a receber palavras proféticas em meu coração para liberar sobre as cidades de Goiás ali representadas. Foi muito forte. A música acompanhou. Nunca antes havia visto os músicos, especialmente o Bruno na bateria, e o teclado, que agora é tocado pelo Vinícius, com tanta unção, poder e unidade. Recebi a direção de palmas. A multidão ia junto comigo, quando de repente a Zê chegou perto de mim e disse que estava vendo o Leão, com os pés em fogo, ali no palco. O poder de Deus era palpável, e as palavras proféticas continuaram. Um cântico espontâneo sobre o Cordeiro e o Leão marcou para sempre a minha vida. E a unção de autoridade foi ministrada sobre nós, sobre a Igreja de Anápolis. De um estado de fraqueza, passamos à força. De intimidação à ousadia. Ao mesmo tempo em que nos levou a um refrigério e descanso que como ovelhas do Sumo Pastor podemos experimentar.

De repente, começamos a celebrar, mas foi diferente. Eu saltava e parecia que estava em um trampolim, uma cama elástica. Se antes pulava para romper, agora eu me sentia voando, pulando muito alto, minhas pernas esticadas iam alto, ao menos essa era a sensação, mas depois outras pessoas confirmaram. O vento nos meus cabelos e a sensação era de pulos muito altos. Eu sabia que algo diferente estava acontecendo. Quando pulei uma última vez, senti que era para me assentar. Não sabia se teria forças para me levantar outra vez. Foi quando senti o impulso, me agachei e comecei a andar como o Leão.

Pensamentos vieram à minha mente. Eu disse ao Senhor: “É… agora a minha reputação acabou. Agora vou ver quem vai ficar comigo”. Mas prossegui, consciente do que estava acontecendo, e senti a direção até mesmo de onde eu deveria ir.

Quando parei, não sabia como ou que fazer ao me levantar. Ainda no chão, me ergui de meio corpo e gritei: “Um brado de vitória ao Senhor”, (sem saber se alguém responderia), e o som foi poderoso. A música terminou grandiosamente. Era o Leão da Tribo de Judá.

relato da Ana Paula Valadão no blog do Diante do Trono s/ a ministração ocorrida em Anápolis.

31 comentários:

Anônimo disse...

Repito. Essa polêmica me faz lembra daqueles doutores da lei que condenarão aquele Jovem que derrubou os costumes da época para mostra que adorar a Deus é mais que cumprir a lei e se expôs ao ridículo de ser crucificado como um bandido para a salvação da humanidade.
"Não jugais o Profeta e sim a profecia", "não jugais pelas aparências e sim pelas obras" e "Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela."

Anônimo disse...

"Cinto largo com cara de autoridade e botas com mensagem de força, poder, autoridade, e conforto necessário para pular e pisar com força"

Ô Pavão, virou gatinho agora e não vai esculhambar essa maluca? Aonde isso tudo vai parar meu Deus?

Anônimo disse...

Acho que a chorona da Valadao tinha que se juntar com a Sonia Hernandes e abrir uma fabrica de botas apostolicas prá pisar no capeta. Seria um sucesso!!!!!

Anônimo disse...

Quando assisti o video achei que ela tinha endoidado. Depois de ler as palavras dela agora tenho certeza. rsss

Brigadú por tantas coisas legais que voce coloca aqui, Pava. Bjus

Maya disse...

"Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens. Porque vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres, que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são para aniquilar as que são; para que nenhuma carne se glorie perante ele." (I Co 1:25-28)

"E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu. E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues." (At 9:3-5a)

"E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem (..)E todos se maravilhavam e estavam suspensos, dizendo uns para os outros: Que quer isto dizer? E outros, zombando, diziam: Estão cheios de mosto." (At 2: 4,12,13) [mosto = vinho]

"Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente." (Hb: 13:8)

Anônimo disse...

"botas apostólicas pra pisar profeticamente a cabeça do diabo..." isso me lembra o boato nos anos 80 de que os integrantes do Kiss usavam botas pesadas pra esmagar pintinhos no palco. Vade retro!

Anônimo disse...

Usar a biblia prá justificar essas besteiras só revela ignorancia en dose dupla.

Maya disse...

Caro anônimo,

Ignorância em dose dupla é não usar a Bíblia para nada e ainda dizer besteiras! Mas ainda há tempo!

Atenciosamente,

Mayalu

semcor disse...

tenha dó...


pode ser o absurdo que for. Mas a palavra de Deus é muito clara sobre o olhar de Deus pra quem julga o irmão.

alguns fatos, considero sim, grandes absurdos. e essas novidades da ana paula (que acompanho desde 2000 e deixei de acompanhar quando a qualidade começou a cair brutalmente) não condizem com o seu histórico e, aff..eu pensei que essa coisa de 4 seres já tinha saído de moda...mas ainda não.


porém...por favor...cuidado com as palavras. julgamento na Bíblia é coisa séria.

Pavarini disse...

Tô c/ ciúmes, galera. Só eu posso apanhar neste espaço... rs

Sério agora. Complicado liberar comentários fora do tema em questão, especialmente c/ agressões. Tentem uma academia de boxe. :D

Big abraço a todos

Maya disse...

Olha, postei honestamente trechos da Bília que, penso eu, nos impedem de julgar o que Ana Paula fez. Cada um que cuide de si e tire o cisco de seu olho antes de ver o que está no do outro. Mas não dá pra ouvir de um "anônimo" que o que eu fiz, educadamente, respeitando a discussão, que usei a Bíblia para dizer "besteiras" e revelar "ignorância em dose dupla". Acho que fui muito educada com esse "anônimo", inclusive, na minha resposta. Querem julgar a Ana Paula, oh, meus irmãos, grandes intelectuais-teólogos-crentes-racionais-certinhos... "Nunca conheci ninguém que tivesse levado porrada / todos os meus amigos têm sido campeões em tudo"(Poema em linmha reta, F. Pessoa)... Julguem! Vocês têm esse direito, sim. Mas respeitem os que não têm a mesma visão que vocês. Penso, tenho certeza, de que Jesus e seu espírito Santo fizeram e fazem coisas sobrenaturais. A Bíblia é um livro que narra, do princípio ao fim, fatos absolutamente sobrenaturais. Vivi coisas tão incríveis, na África, na Europa, aqui no Brasil, evangelizando, falando de Deus, louvando. Ele É, e está acima de qualquer racionalização. É o Senhor do tempo, é o Rochedo, É através da Eternidade, e não nos damos conta disso. Não sei o que Ana Paula sentiu. Mas não vou amesquinhar minha vida dizendo que ela precisa fazer isso ou aquilo. Deus sabe de todas as coisas. Quando o pastor Caio se envolveu em escândalos, há uns dez anos atrás, não faltaram, à minha volta, críticos do "eu sabia... eu não disse? .. olha aí... tá vendo?..." E eu fiquei revoltada com tanta hipocrisia. Ele é, sim um homem de Deus. Davi, que mandou seu melhor amigo para a frente de batalha morrer a fim de ficar com a esposa desse, foi um homem "segundo o coração de Deus", é o que relata a Palavra. E mesmo quando Davi dançou, escandalosamente, à frente de seu povo conduzindo a arca, e foi ridicularizado e repreendido por Mical, quem recebeu de Deus o castigo foi Mical, que o repreendeu, porque do coração do rei Davi saía um louvor puro, com entusiasmo (do grego in theo si: aquele que tem Deus dentro de si), alegria e espontaneidade. Porque o amor e a graça de Deus ultrapassam todo entendimento e comportamento socialmente aceitáveis. É assim que penso.

danieldliver disse...

Estive nesse culto que não me causou a estranheza que parece ter causado em muitas pessoas.

Houve uma dramatização de uma idéia significativa na cultura bíblica. O Leão foi representado. A pastora, de forma alguma, deve ser julgada com a mesma maldade da personagem de C.S. Lewis. Paz a todos!

Pensamento crítico não é o mesmo que espírito de crítica. Nós gastamos muita energia lutando contra os da família. Tudo bem, não está dizendo que o DT é infalível ou têm a melhor música do mundo, mas, pessoal, eles têm atendido o que entendem ser seu chamado e nos abençoado tanto.

Vamos ponderar!

luciana disse...

Mas a palavra "loucos" sempre servirá para nós os cristãos e que bom. O homem espiritual tudo discerne mas de ninguém é discernido.
A Bíblia tbm nos ensina que conheceremos a arvore pelos seus frutos.
Continuo afirmando que esses comentários tem sido cruéis e ridiculos; agora o problema é a bota da moça!!!

Maya disse...

Pois é, minha amiga e irmã Lu, as pessoas olham a árvore mas não a floresta.

Wesslen disse...

Meus irmãos, sinceramente falando acredito que não devemos julgar uns aos outros, mas discernir tudo no Espírito Santo. Acredito que nestes assuntos devemos seguir completamente o conselho de Paulo, quando este nos exorta a fazer tudo de acordo com nossa fé. Uns comem carne sacrificada aos ídolos, outros não. Cada um deve estar convicto em sua própria consciência diante de Cristo. O que não podemos irmãos é generalizar e aplicar experiências pessoais e próprias a todos, como se fosse algo para todo mundo. Ora, se você crê que andar engatinhando simboliza algo, faça-o de forma sóbria e de acordo com sua própria fé em Cristo; se você não crê nisto, faça-o da mesma forma e conserve sua alma longe de vê mal seu irmão. Não faria o que a Ana Paula Valadão fez. Acredito que leões são leões e seres humanos são seres humanos. Devemos sim, estar cientes e conscientes no Espírito Santo do que fazemos e do porque fazemos, sempre de acordo com a medida de fé que nos foi concedida. No mais é criancice dizer: "É assim que o Senhor age", ou "Não é assim que Cristo faz"; Pois o Espírito Sopra onde quer e como quer. Deixo apenas o conselho de Gamaliel para aqueles que são prudentes, pois acredito que se for obra de homens logo isto acabará e passará (e talvez surja outra coisa no lugar desta unção do Leão), mas se for obra do Senhor, homem nenhum poderá acabar com isto. Só aconselho que cada um esteja convicto em seu próprio coração e de acordo com a medida de fé que Cristo te concedeu. Paz a todos em Cristo.

Wesslen disse...

Decidi escrever mais uma coisa para concluir meu comentário: Pessoalmente, como acredito já ter exposto claramente em meu outro post, não concordo com a prática de Ana Paula Valadão, com estes rituais praticados por evangélicos em que se invocam forças quase que místicas e as pessoas se desnaturam do evangelho de Cristo, tal como era vivido e expresso pelos apóstolos e demais cristãos "essenciais" (que possuiam o evangelho como essência do Ser no ser, e não como simples vestimenta, chapéu emplumado, ou "bota-esmaga-capeta"); prá mim, no evangelho de Cristo, expulsamos demônios pelo poder do Espírito Santo em Cristo, mesmo estando nús. O que espero ter deixado claro é que discutirmos aqui acerca do que Ana Paula Valadão, fez, faz ou fará é bobagem e perca de tempo. Nosso evangelho é em Cristo, e se vivemos, vivemos prá Ele, e se morremos morremos também com Ele, para de alguma forma alcançarmos a herança celestial. Ora, se alguém tem algo contra o irmão, ou se alguém acredita que o irmão está "saindo do Caminho", exorte-o! E novamente digo; EXORTE-O, mas faça-o com AMOR! Não é assim, que deve ser entre nós? Será que o que Cristo deseja é que confabulemos, discutamos ou critiquemos aos outro daqui de nosso mundinho quadrado de pseudo-realidades? Viva o evangelho!(isto é um imperativo!) Desligue o PC, vá ler um livro (pode ser a Bíblia, também), bote a cara na rua e reflita a vida de Cristo! E vamos parar de bobagens e discussões tolas acerca de comidas, bebidas, roupas e o escambau! É hora de viver mais e falar menos! As pessoas estão cansadas de ouvir de nossas bocas um evangelho que não se aproxima de nossa conduta! Não grite, não declare, não diga! Viva na essência o evangelho e o Espírito Santo colocará Suas palavras em tua boca! No mais cuide cada um para que não caia! Paz e Graça em Cristo que é o único Leão de Judá!

Anônimo disse...

hahaha! botas apostolicas! adorei, nao, melhor nao falar, q algum doida é capaz de querer fazer isso! tenho certeza!

maya,
algumas coisas que vc falou tem muito sentido, mas eu acredito q o q incomoda cristaos mais tradicionais é a enfase em shows, emoção etc, e pouca enfase num cristianismo simples baseado na biblia.

e a revolta de muitos, ao meu ver, é um cristianismo desonesto. a igreja deveria brilhar com etica, mas nao é isso que vemos. ela brilha com espetaculo, nao brilha com etica, amor e humildade.

acho q isso q falta no nosso meio! em larga escala!!!!

Maya disse...

"Querido Vermebile,

É com pesar que recebo a notícia de que seu paciente converteu-se ao Cristianismo. (...) Não há motivo para desespero; centenas de adultos convertidos foram recuperados depois de uma breve temporada ao lado do Inimigo e agora estão conosco. Todos os hábitos do paciente, tanto mentais quanto corporais, ainda estão a nosso favor.
Hoje em dia, um de nossos aliados é a própria Igreja. (...) Quando ele se senta num banco e olha em volta, vê apenas as pessoas que evitara até então. Faça com que seus pensamentos flutuem, indo de expressões como 'o corpo de Cristo' para os rostos no banco ao lado. (..) O seu paciente, graças ao Nosso Pai dos Infernos, é um tolo. Se alguma dessas pessoas cantar desafinado, ou usar botas com solados barulhentos, ou tiver queixo duplo, ou roupas deselegantes, o paciente facilmente acreditará que a religião deles deve ser de algum modo ridícula. Perceba que, em seu estágio atual, ele considera 'espiritual' a idéia que faz dos 'Cristãos', mas essa idéia é, na verdade, em grande parte, pictórica."

C.S Lewis
Cartas de um diabo a seu aprendiz
São Paulo: Martins Fontes, 2005
pp. 6-8

Anônimo disse...

maya,

esse texto serve muito para uma sociedade europeia, mais fria e seca, onde, eu imagino, falatava calor na igreja. mas nao é o caso do brasil. a temperatura aqui está alta demais. tao alta que eu já vi, tem igreja que na hora da empolgação o crente chuta a parede. agora me diz, nao se encaixa no que diz essa carta, mas no sentido contrario? acho que precisamos ser quentes em amor e nas demais qualidades cristas, muito quentes. agora, emoção pode ser boa ou ruim. eu vi am archa pra jesus na tv, nao faltava emoção, mas dias depois vimos o q vimos. nao sou contra emoção, desde q nao seja só uma emoção barata e vulgar, manja?
bjosssss

Anônimo disse...

Eu acho que neste caso específico, da AP Valadão e das críticas que têm sido feitas a ela, esse texto cai como uma luva. Não vi exagero no que ela fez. Cabe a Deus ver o seu coração: louvor genuíno ou emoção exarcebada? Estrelismo explícito ou mover do Espírito? Não, não vou julgar, não. E na Europa creio não é bem assim, como você diz. É o que penso.

Maya disse...

What a friend I've found
(Delirious?)

what a friend I've found
closer than a brother
I have felt your touch
more intimate than lovers

Jesus, Jesus
Jesus, friend forever

what a hope I've found
more faithful than a mother
it would break my heart
to ever lose each other

Jesus, Jesus
Jesus, friend forever.

___________________________________

Que bela poesia, que linda melodia... Me emociona. Agradeço a Deus por inspirar tantas pessoas que cantam em seu louvor de modo tão sensível. Agradeço a Deus pela Cassiane, que tanto ouço, que tanto me edifica e fortalece por meio de seus louvores cheios de coragem e força. Agradeço a Deus pela música, que para mim é um louvor completo, sublime. Como o louvor foi e é importante para o meu crescimento espiritual, para os longos momentos de meditação, para antes da leitura bíblica... e para as horas da faxina (pelo menos faço cantando).

Anônimo disse...

Meu Deus eu acho q se vosse no tempo da lei todos esses "irmãos" já estariam mortos,o meu desejo é q Deus abra as vossas visões,ou então vocÊs teram q pagar um alto preço!!!

Maya disse...

Preço alto já foi pago. "Se fosse no tempo da Lei", diz você, "anônimo", mas estamos sob a Graça. Porque alto preço foi pago.

Anônimo disse...

O Corneteiro
Bem o "mano" aí aí de cima precisa mais ainda abrir a cabeça e o espírito, porque o tempo da lei já acabou e estamos no tempo da graça. Misericórdia Jesus quer e não certos sacrifícios bizarros e torpes de shows evangélicos esquisitos, que se faça tal coisa em secreto... Para si! Fico imaginando se isto muda alguma coisa na vida das pessoas de maneira que elas saiam dali e vão pregar o evangelho de tal forma que abale as estruturas satânicas do mundo... Será que isso acontece? Olha para o nosso país e o que está acontecendo?

Anônimo disse...

Temos que pedir discernimento a Deus e termos a Bíblia como fonte. Não tem em canto algum na Bíblia algo assim e o mesmo Ministério de Toronto que iniciou com esta "unção" ,recentemente em um jornal Assembleiano divulgou um de seus fundadores que se passava de uma farça , bem como o dente de ouro, entre outros ... Ana Paula e seu ministério é uma benção sem dúvida! Mas Pedro , Davi, Salomão entre tantos também foi deixado ser usado pelo inimigo ! Isto sim é Bíblia !!!
pra quem queria a opinião de quem começou isto em Toronto denunciando esta farsa e aceitando que foi usado pelo inimigo aí vai o site : http://cirozibordi.blogspot.com/2007/08/aos-que-tm-dvidas-sobre-o-cai-cai-5_28.html

só falta esta postagem não ser autorizada

Wellington disse...

É interessante, quando esse tipo de coisa acontece que nós vemos o quanto a igreja (o corpo de Cristo) está doente.
Realmente não importa se ela fez em Espírito ou na carne, se foi em Espírito Amém, foi direção de Deus, e se foi na carne ela adorou a Deus com o seu corpo, e devemos O adorá-lo com a alma ainda,pois ele nos resgatou por completos.
E nós vemos irmãos ou não crentes falando um monte de besteira, a Ivete Sangalo teve um momento estranho " vou chamar assim, mas sabemos o que foi" no palco e ninguém sequer comentou sobre, agora um cristão tem uma atitude e todos atiram pedras.
Temos que rever os nossos conceitos, para atacar alguém é fácil agora sejamos todos réus.... o que diremos a nosso favor.

Lenita Martinati Silva disse...

Em primeiro lugar a todos os anonimos,a bíblia nos ensina que mais vale uma dura verdade do que uma doce mentira.Deus nos ensina a sermos transparente, obreiros que não tem do que se envergonhar e que manejam bem a palavra de Deus!
Pastora Ana Paula em primeiro lugar quero dizer que amo você em Cristo Jesus e que pouquissimos neste mundo tem a ousadia de ser completamente usado por Deus.Não vejo nada de amornal, muito pelo contrario.Todas as pessoas que escrevem escarnecendo disse não tem vida com Deus, pois cada um dará conta de si mesmo a Deus, e eu creio que o Espírito Santo de Deus é ousado.O pior de tudo é ler esses comentários cretinos e sem noção e as pessoas cantarem nos cultos" eu quero ser usado da maneira que te agrada oh Deus, em qualquer hora e em qualquer lugar eis aqui a minha vida usa-me Senhor, usa-me ".

Bruna disse...

Tudo bem que não é correto julgar e tal...Mas essa Ana Paula Valadão parece se preocupar SEMPRE e PRIMEIRAMENTE com suas jóias, suas botas, seu cabelo...tsc tsc tsc
Não precisa radicalizar e se deixar aparecer maltrapilha, mas pelo amor de Deus; Tá mais pra emergente aspirante à socialite do que pastora.

Ju Dacoregio disse...

Ela levantou e gritou sem saber se alguém responderia??? Ah, conta outra Ana Paula!!! O povo engole qualquer coisa que ela fizer. Se ela gritasse "cada um no seu quadradoooooo", a galera repetiria e ia ao delírio!

Gutojardim disse...

ri muito! hahaha! "piada" velha mas atual afinal é todo dia que heresias assim surgem na nossa singular igreja brasileira!

Hélio disse...

Se fosse um irmão negro, pobre, morador de comunidade carente e membro da Assembléia de Deus, seria tão bravamente defendido? Defender a rica "elite" evengélica no Brasil é mole, pricipalmente pelo fato dos "crentes" serem idólatras de "grandes personalidades "cristãs", já que não podem adorar imagens de esculturas.

Blog Widget by LinkWithin