19.10.08

Joga pedra na Geni

Tenho me surpreendido positivamente com o nível dos comentários da galera de Jesus. Vários cristãos expressaram seus pensamentos com lucidez e gentilezas no post abaixo. Mas há aqueles que partem do princípio de que rejeitar a religião cristã e não acreditar mais em Deus faz de mim uma fracassada, loser, infeliz, rolando na sarjeta da rua da amargura. Ah, se eles soubessem...

Alguns até aproveitam o fato de eu ser mulher, loura e linda e fazem uma salada supondo que minha descrença seja algum subproduto de burrice e carência. Criticam-me com tanta força e raiva, mas querem me fazer acreditar que me desprezam e sou irrelevante. Antagonismo puro, já que a irrelevância não desperta fortes sentimentos. A esses comentaristas só posso sugerir que eles deveriam odiar pouco, julgar menos e relaxar mais. Relaxar e gozar. Ops, a parte do “gozar” é só para os casados já que tenho certeza que os solteiros, sendo cristãos tão ferrenhos, não cometeriam fornicação.

E há também os que apóiam meu afastamento da religião, mas mostram-se atônitos por eu me declarar atéia. Dizem que deve ser apenas uma fase. Sim, pode ser uma fase. Talvez um dia eu passe a acreditar em Deus como uma energia, uma força cósmica ou adore Baal. Não sei. Pode ser uma fase, mas é difícil acreditar que um dia eu volte a crêr num Senhor Todo-Poderoso que criou o céu e a terra. Da mesma forma que é muito pouco provável que eu volte a acreditar em Papai Noel.

E não poderiam ficar de fora os comentários do tipo, “você só se afastou do evangelho porque você não viveu verdadeiramente o evangelho”! Aí está o orgulho e a soberba que a religião faz aflorar no ser humano:

- Não, você só não acredita em Jesus, porque você não entregou seu coração de verdade a ele. Impossível entregar-se a ele de corpo e alma e não amá-lo. Impossível conhecer a verdade e não segui-la.

Como assim, Bial? Cristãos amados, há milhões de pessoas neste exato instante falando a mesma coisa sobre Buda, Maomé, Alá, Krishna, ou sei lá mais o quê!

Como podem dizer que alguém “só não ama o evangelho porque não viveu de verdade o evangelho”? Seria o mesmo que eu dizer que você não ama dar o cu porque nunca deu do jeito certo.
- Mas, July, eu já dei e não gostei.
- Não, meu irmão, você nunca viveu “o dar o cu” verdadeiramente. Quando você viver, nunca mais vai deixar de dar.

Sei que muitos dizem com a melhor das boas intenções que vou voltar a acreditar em Deus. Não é problema algum você achar que eu possa mudar de idéia. O problema está em você ter certeza que a sua crença é tão correta, mas tão correta, que é impossível que um dia eu não me curve a ela. Você não pode ter certeza nem a respeito de SUAS próprias opiniões, que dirá ter certezas sobre as minhas. Eu também tinha muita certeza que Jesus era o Senhor e Salvador da minha alma.

Àqueles que escrevem com carinho que vão orar por mim, eu agradeço. Mesmo. De coração. Agradeço àqueles que, mesmo não concordando com nada do que escrevi, não tiveram ganas de me esganar. Agradeço aos que argumentam com respeito, demonstrando seu ponto de vista, seja discordando ou concordando. Mas aos que tentam me humilhar, espezinhar, ridicularizar, difamar, em defesa do deus que acreditam seguir... Suas vidas são tão frustrantes que vocês precisam de um saco de pancadas, não é?

Então, estamos aí para isso mesmo. Servimos bem para servir sempre.

Juliana Dacoregio, no blog Heresia Loira.

Leia +

6 comentários:

Volney Faustini disse...

Pava,

Acho que já mencionei para você sobre a sua coragem de 'literalmente' repetir o que se poderia ler nas outras paradas. Mas o serviço do Pavablog, com essa mania de 'jogar na nossa cara' o que talvez nunca abriríamos nesses outros blogs e links é de uma importância extrema!! A verdade (nua e crua) vai nos libertar ...

Taí, ditos pela moça, os argumentos que numa conversa normal não teríamos que ouvir se nós crentes não falássemos tanta merda para tentar convencer, re-evangelizar, ou mesmo se mostrar apologeta de 1ª grandeza.

Mas os nossos irmãozinhos não deixam passar batido, não.

Essa perspicaz resposta da Juliana é definitivamente um cala boca em todos nós. Um contra-argumento totalmente pertinente e válido. E torço que sirva de lição para todos nós.

Queremos converter os outros sem nos convertermos primeiro. Queremos vir com conversinha de amor, se an tes não temos ainda o amor, a compaixão. E muito menos estamos lá a orar de verdade!

Tem irmão que foi lá comentar no blog da moça, sem ter lido direito o que ela tinha postado. Uma desonestidade total!!

Eu me arrependo e me solidarizo. Sou responsável. Eu estava lá ajudando a girar o torniquete da tortura na coitada da irmãzinha (hoje ex). E de certa forma continuo fazendo isso em milhares, se não mais ... Eu sou responsável também. Não tenho desculpas, mesmo que seja de uma igreja em que não entrei e nunca entrarei. Se é o Corpo de Cristo provocando isso - então eu sou responsável. E por isso preciso me arrepender também!

Assumamos todos e nos arrependamos!

Anônimo disse...

a mocinha, embora revoltada, é bem inteligente e seu texto é até engraçado.

Gabriel Ferrão Moreira disse...

essa revolta tem um nome: teologia furada...

Anônimo disse...

Abençoada, com Deus ou sem deuses... Eis que te digo: Viver sem JESUS... TODO MUNDO VIVE... o convertido, o desconvertido, o reconvertido, o pluriconvertido, o tetraconvertido, o mundiconvertido, o transconvertido, o subconvertido, o sobreconvertido, o superconvertido, o hiperconvertido, etc..... mas a desgraça, a merda, a porcaria, o perigo, o inferno, o capeta, a verdadeira infelicidade, a desumanização, o sofrimento (e eterno hem), a degradação, a ida sem volta, o terror noturno, a seta que voa de dia, a peste que se propaga nas trevas, a mortandade que assola ao meio dia, o bicho da alma, a dor infinita, o sepultamento eterno, a moenda da alma (a verdadeira), o lago que arde com fogo e enxofre, etc.... etc... etc.... É MORRER SEM JESUS. FUI.

berna disse...

É, me acho ainda um tanto quanto despreparada, para entrar em questões tão complexas.

Anônimo disse...

gostei do texto, quanto a pessoa que disse:MORRER SEM JESUS, o cara não existe, Vamos morrer se o Batman, sem o e sem Jesus Super homem.
FUI

Blog Widget by LinkWithin