25.1.09

Desabamento da Renascer (10)

Uma semana depois do acidente na Igreja Renascer de São Paulo, quando o teto caiu e nove pessoas morreram, os bispos Sonia e Estevam Hernandes realizaram neste domingo um culto via satélite, diretamente de Miami, a cerca de mil fiéis que lotaram o Club Homs, na Avenida Paulista. Detidos nos Estados Unidos, os dois classificaram de fatalidade a tragédia e disseram que "irão se levantar contra os inimigos que nos perseguem".

- É bom não mexer conosco, ou nos levantaremos para perseguir nossos inimigos assim como nos perseguem - disse Sonia.

O culto foi realizado mesmo diante de multas aplicadas pela prefeitura, sob a justificativa de que a direção do clube não havia apresentado alvará de funcionamento .

- Estamos recebendo uma multa por hora. Sabe o que significa essa multa? Uma tentativa de impor humilhação à igreja - disse Estevam, aplaudido pelos fiéis.

Sonia dedicou cerca de 20 minutos do discurso para pedir ofertas aos fiéis. Enquanto pregava, funcionários da Renascer andavam por entre as cadeiras carregando máquinas de cartões de crédito e débito e sacolas vermelhas onde se colocavam os envelopes com dinheiro. Nele, o aviso: "Em caso de cheque, favor cruzar e colocar nominal à igreja. Pois assim diz o Senhor Deus: A farinha da panela não acabará". Em seguida, enquanto os fiéis davam dinheiro, a bispa pregou:

- Agora não tem mais minha nem sua, a oferta é nossa - disse ela.

Funcionários da igreja vigiavam os jornalistas que acompanhavam ao culto. Não era permitido tirar fotos. Na hora da oferta, os seguranças da Renascer reforçaram a vigília sobre os repórteres.

fonte: O Globo
dica da Priscila Ribeiro

"A farinha da panela não acabará." Já a vergonha na fuça acabou há muito tempo nas plagas (c/ trocadilho) apostólicas...

17 comentários:

Danilo Ferreira disse...

Cara... tem igrejas e igrejas... existem as caça níqueis e as que não exigem as calças dos fiéis. Eu frequento uma que não cobra dízimo, só pede o que cada um QUER dar. Se quiser dar 1 milhão, beleza, se quiser dar 1 real, beleza, se não quiser dar nada - beleza! continua bem vindo! Em tempo - nao tem templos faraonicos e sem alvará. E está por ai desde 1910.

Pavarini disse...

blz, danilo?

a ênfase na grana é característica das igrejas neopentecostais. ou seja, começou por volta da metade da década de 60.

esse lance da "força da grana" talvez seja atualmente a maior barreira contra as boas novas pregadas pelo rebanho.

infelizmente, muitos acham que "deixar p/ lá" e "eles roubam mas pregam o evangelho" é a melhor posição.

abraço

Rogério disse...

"É bom não mexer conosco, ou nos levantaremos para perseguir nossos inimigos assim como nos perseguem".

Igreja perseguidora... era só o que faltava!

Aliás, já existe faz tempo. É só olhar a origem da maioria das guerras, perseguições e mortes desse nosso mundo.

Onde será que ficou o "Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem"?

Ah, desculpem, isso é coisa de Jesus, e não do deus-antigo-testamento-evangélico-neopentecostal.

Pavarini disse...

será que a tornozeleira c/ "gps" faz a apostila correr + rápido, rogério? =)

Paulo Cassiano disse...

"infelizmente, muitos acham que "deixar p/ lá" e "eles roubam mas pregam o evangelho" é a melhor posição."

Triste verdade...

Mano, se eu fosse o Hernandão, viraria para a Soninha toda pura e diria algo do tipo: "Meu bem, agora acabou mesmo... Acho que é melhor a gente "se aposentar" e ir cuidar dos nossos cavalos no haras"...

Mas, quem disse que o amor ao vil metal deixa...

Como eu sempre digo: Maranata!

Rogério disse...

Hehehe... Pavarini, aí seria uma perseguição apenas no quarteirão de Boca Raton, rs.

Leone Lacerda disse...

Não entendi... os inimigos seriam os cupins?

Anônimo disse...

bizarroooooo
o mundo e os inimigos abrem os braços e dizem vem pra cá. afinal, o q isso pode oferecer para os de fora? o que pode oferecer para os q nao estao em crise? senhor, pq isso? mas eu nao quero mais saber... pq tenho q me diferenciar e ser cristao. eh isso.

Gustavo K-fé disse...

Querido Papai do Céu, no fundo no fundo eu queria pedir pro Senhor mandar dois raios fulminantes lá pra Flórida. Eu até daria as latitudes e longitudes. Mas não sei porque sinto um conflito interior ao considerar esse pedido. Concordo com o comentário feito acima. Uma pessoa que arrebanha tanta gente não pode chamar-se cristã e ameaçar "perseguir [seus] inimigos". Na minha Bíblia está registrado Jesus falando "Mas eu digo a vocês que estão me ouvindo: amem os seus inimigos e façam o bem para os que odeiam vocês."

tito monteiro disse...

O "UNGIDÃO" continua reinando em Boca Raton. A casa caiu, o teto veio abaixo, Deus sinalizou que a brincadeira de fazer Dele macaco de circo,Ele não gosta e deu um espirro ligth e o teto caiu, nove mortos,+ de cem feridos,sem contar os aleijados de alma. O noso Acã não toma vergonha na cara,continua aprontando e ainda tem um multidão de seguidores do tipo avestruz que enterra a cabeça na areia para não ver a sujeira,e come de tudo:rolha,tampinha,prego,etc.
tito de brasília.

araci disse...

Olá a todos!
Danilo Ferreira, sou cristã desde 93 e nunca mano, nunca conheci uma igreja q naun peça dizimo, oferta e tdo o q vc tiver...de que igreja vc tá falando???
fica na paz!

Helder disse...

Fala Sérgio...
Não sou daqueles que acha que tudo é a "mão pesada de Deus", mas confesso que este acontecimento na Lins me lembra o capítulo 1 de Malaquias, quando Deus diz ao povo: "OXALÁ HOUVESSE UM ENTRE VÓS QUE FECHASSE AS PORTAS DESTE TEMPLO!".
Será tão difícil assim para o Estavão e Sônia deduzir que Deus já está farto deles? Aff...
Um grande abraço,
Helder

Paulo disse...

Vejo que o pensamento e o preconceito de poucas pessoas como a de vocês são irrelevantes. Hoje não somos mais um "povinho" como vocês acham, hoje somos uma nação. Feliz a Nação cujo Deus é o Senhor.
Acredite o que Deus mais quer é tocar o teu coração e salvar a sua vida. Foi por isso que ele enviou Jesus. Por amor a você.
Deus vos abençoe.

Anônimo disse...

SEM SALARIO-
conheco bem esta quadrilha. Trabalhei na escola deles...agora diz: "Pagaram meu salario?" claro que nao pagaram salarios de professores. O dinheiro era usado para pagar a comida dos cavalos.

Mercenarios da fé..se se deram conta que tudo foi abaixo....so rondonense, mineiro e goiano da roc;a sustento vcs ai em Boca Raton.

lucio c.de andrade disse...

eu, nao sei ainda, como este casal e co-autores em crimes de estelionato,com sentença transitada e julgado nos ''eua'' ,que se intitulam bispo e a sua mulher perua ,de bispa . apos, todas estas desgraças nos negocios ,veem a publico p sustentarem e sem nenhum pudor que estao sendo persiguidos ,sera´ que eles nao sabem que cairam nas maos do Deus vvo. senhores , este pessoal (pastores), mercenarios vao ter que pagar o preço, da subtraçao alheia. criminosos nao tem ministerio e sim negocios espurios, qto a formaçao academica em teologia deve ser na base da autoproclamaçao,absolutos morais , zero.deeixo a seuinte indagaçao , existe algum portal tipo transparencia brasil,onde as igrejas que captam o dinheiro dos humildes e desinformados fies a cristo,desopositam o que nao tem, aos cofres do tesouro dos lideres , e estes venham tornarem publico o que amealharam.tenho ouvidos alguns crentes dizerem assim: eu, dou o dizimo e o que o pastor faz com dinheiro torna-se ''pobrema'' dos lideres , e ainda arrematam , eles que resolvam com deus. as vezes , penso que estou vivendo num tempo anterior a reforma de lutero, que a regra para o enrequecimento era a venda de indulgencias.eu, desafio a igreja mais idonea e seria a mostral via internet os seus averes recebido dos dizimos e ofertas .eu, sou a favor da tributaçao fiscal destes valores . o que nao se admite , sao isençoes tributarias e garantias constitucionais para verdadeiros bandidos de terno e gravata e as mulheres em seus imensos e vistosos longos. casal 171, a biblia nao foi feita p transportar dolares e euros as furtivas , lesando o fisco e ferindo a consciencia pura daqueles que um dia adentrarao pelas portas da cidade santa.canaa.

Renatosan disse...

Amados, não quero defender a igreja alguma, apenas defendo o corpo de Cristo, afinal se eu não defende-lo, eu estaria cometendo suícidio, já que pertenço a Ele. Mas quero vos lembrar que em Malaquias 3:10 fala exatamente sobre os dízimos e as ofertas. por isso, sendo este o mandamento do Senhor, devemos sim trazer os nosso dízimos (10% de tudo que ganhamos) e nossas ofertas, que são de acordo com nosso coração. A Bíblia ainda diz que se um irmão tiver algo contra nós, devemos deixar a oferta sobre o altar, entrar em concerto com nosso irmão e depois ofertarmos ao Senhor.

Que Deus os abençoe.

Jô disse...

Sobre a Renascer...já tem muito comentários e muitos ainda virão....que coisa triste e vergonhosa tudo isso....
sobre dízimo....quanta contradição, quanta idéia esquisita, quanto conceito errado sobre o assunto.
Sou dizimista desde meus 8 anos, quando comecei a receber a famosa "mesada". Nunca vi ou tive isso como problema ou dificuldade. Aprendi, entendi e....comecei a fazer na maior tranquilidade.
O que vejo é que as pessoas confundem tudo, pois não são ensinadas com inteligência, com clareza. Se vivemos a era da graça, por que em alguns aspectos, viver sob a lei? Estranho isso, não?! Não vejo ninguém apedrejando adúlteros, nem aplicando o "olho por olho, dente por dente". Não vejo ninguém oferecendo sacrifícios de animais em altares e nem dependendo exclusivamente de sumo sacerdote para se comunicar com Deus. Por que não se vê isso mais? Ah! Estamos na era da graça!
Jesus veio e mudou muuuuita coisa. Temos muito mais liberdade no que se refere à nossa relação com Deus, do que a que se tinha na lei E... por que o assunto "dinheiro" ainda ficou "lá atrás"?
O que o pessoal não se dá conta é que o que Deus realmente quer é ver a verdadeira intenção do coração.
Hoje, temos muito mais liberdade e isso também vai para a parte financeira-religiosa.
Nossa contribuição deveria refletir o nosso amor e zêlo pela obra do Senhor, mas aí.....aí complica muuuuuuuiot pra alguns.
Dez por cento é apenas um referencial, tipo....uma idéia, um parâmetro e não o valor absoluto que se não for entregue ou "pago",é ação sujeita a tremendas e horríveis consequências. Aliás, esse termo "pagar dízimo" por si só, já reflete a relação que alguns tem com o ato.
Por termos liberdade em mostrarmos o que relamente sentimos e como relamente entendemos o assunto, deixa o pessoal com um medo daqueles, pois isso quer dizer que pode-se contribuir com menos ou, para terror de muitos, com muito mais que 10%.....
Ah!Ha! Viu só? Esse é o problema!!!!! Contribuir "segundo o coração!!!!! Já pensou o que esse princípio, se verdadeiramente aplicado, iria revelar? Uau!Pensando nisso é que acho que os lideres evangélicos sentem-se confortáveis em incentivar a idéia de "dízimo". É bíblico, já foi feito no passado, é um número razoável, e...funciona.
O que deveria se enfatizar é o compromisso individual assumido. Isso sim é que é o que Deus quer. O número em sí, é apenas um parâmetro. Mas...se o pessoal tem um problema medonho em relação à esse número que convenhamos, não é tão absurdo assim....imagine!!!!

Blog Widget by LinkWithin