7.8.09

A nossa segunda La Diva: Claudia Machado

Depois de dois CDs sem sucesso no mercado gospel somado a desilusão com os artistas gospel, Cláudia Machado resolveu dar um giro de 180º em sua carreira musical e acaba de se lançar como a Madame Funk . “Sou cristã, mas me decepcionei muito com os cantores evangélicos. Tem muita gente que canta uma verdade como sendo a sua, mas nunca sentiu aquela emoção. Não dá para falar sobre certos sentimentos envolvendo Jesus sem ter vivido aquilo”, diz Cláudia metida a pastora, que em boa parte de seu depoimento, a celebridade de segunda linha disse boas verdades, mas não seria ela a pessoa mais indicada para falar sobre isso. Ou por acaso, vocês conhecem alguma Cláudia Machado?

A foto da "Nem"

A foto da "Nem"

Mas a funkeira, ex-cantora de coral, já aponta suas armas contra as “novas colegas”. “É muito triste ver uma mulher cantando um funk, em que a mulher é tratada como objeto. Quero ser bem tratada” – Quer ser bem tratada? Então vai para uma clínica de estética… Leia + AQUI

Direto do CRÍTICA CRISTÃ

2 comentários:

Claudinha F. disse...

Quer ser bem tratada? Então vai para uma clínica de estética… #euri


Que tipo de funk ela canta?

"Dako é bom"?

Alzira Sterque disse...

O mais hilariante é ler os comentários, inclusive o do marido e o dela. Afffff.....

Blog Widget by LinkWithin