21.9.09

10 coisas que a internet está destruindo

Há 30 anos, ninguém imaginava que o computador iria revolucionar a vida das pessoas como faz hoje. Tarefas que antes levavam dias para serem completadas, hoje são acabadas em minutos. Dezenas de papéis que iam e vinham nas famosas "comunicações internas" viram seu fim com o advento do e-mail. O fluxo de informações também aumentou e é possível achar dados de qualquer assunto pela web. Só que, como tudo na vida, existe o lado negativo da internet e assim relacionamos 10 coisas que estão desaparecendo ou mudando, não necessariamente para melhor, graças à rede mundial:

10) A língua portuguesa: Ronald Golias tinha um quadro na década de 70 onde discorria sobre o más, mas e mais e suas diferenças (elas são más, mas têm mais qualidades que defeitos, por exemplo). Isso sumiu com os comunicadores eletrônicos. Só o MAIS existe. Além disso nos acostumamos a abreviar. "Você" é "vc", "Por que" é "pq" e até um gostoso beijo é "bj". Não podemos também deixar de lado a nova gramática internética que produz pérolas como "podexá qui to sussa lah nu msn".

9) Álbum de fotografia: antigamente para você ver as maravilhas que registrou na sua viagem ou festa de aniversário tinha que mandar revelar o filme e aí era só montar o álbum e mostrar para todo mundo. Hoje não. Sem a limitação de chapas a serem batidas, podemos disparar mais de 1.000 vezes e depois jogar tudo no Facebook, Picasa, Flickr ou seja qual for o site que pretende se expor e deixar lá para quem quiser ver.

8) Expectativa pelo resultado do jogo: bons tempos aqueles onde você mal esperava o momento para comprar o jornal e finalmente ver como foi XV de Piracicaba versus Bangu, direto de Limeira. Agora é só entrar na net e conferir em um dos milhares de sites de esportes.

7) Hora do almoço: quantas vezes você sai a pé no almoço para espairecer, tomar um sol ou respirar ar de verdade ao invés de ficar atualizando seu Orkut, Facebook etc ou lendo seus e-mails pessoais?

6) Ler jornais: comprar um "solta-tinta" na banca ou assistir um telejornal à noite eram as únicas maneiras de se manter diariamente informado. Agora as notícias são apresentadas em tempo real e se você não as ler no exato momento em que saíram, em uma hora já está caduca. Leia +.

fonte: Terra
dica do Jarbas Aragão

4 comentários:

issamu disse...

Faltou o Jarbas dizer que a internet está destruindo os assessores de imprensa e as revistas sobre celebridades no estilo Caras. Podemos acompanhar a vida dos famosos, através do twitter, as vezes de uma forma tão explícita, que as revistas precisam pensar duas vezes antes de contar algo que não é verdade.

Rafael Galvão disse...

Também faltou dizer q a internet está acabando com a TV, principalmente as séries. Antes a gente ficava na expectativa para o próximo episódio e hoje a gente pode fazer o download facilmente.
Rafael Galvão

AlziJesus disse...

Olá!
A paz do Senhor!
Pavarini,
Obrigada pela visita e por seguir-me.Amei o seu blog já estou seguindo-o já levei o seu selinho para selarmos nossa parceria. Se for de sua vontade pegue o meu selinho lá no meu humilde blog.
Concordo plenamente,a internet está destruindo,mas também construindo.
Peço a Deus pra te abençoar rica e poderosamente em nome do Senhor Jesus.

rodomar disse...

E eu lá no interior nem jornal tinha, para ver o resultado do jogo esperava o globo esporte no outro dia...

Blog Widget by LinkWithin