20.2.10

Severino, Severino!

- Vejam, o povo nordestino agora é numeroso e mais forte do que nós. Temos que agir com astúcia, para que não se tornem ainda mais numerosos e, no caso de guerra, aliem-se aos nossos inimigos, lutem contra nós e fujam de São Paulo.

Estabeleceram, pois, sobre eles chefes forçados, para os oprimir com tarefas pesadas. E assim os nordestinos construiram para o prefeito a cidade de São Paulo. Todavia quanto mais eram oprimidos, mais numerosos se tornavam e mais se espalhavam. Por isso os paulistas passaram a temer os nordestinos, e os sujeitaram a cruel escravidão. Deram-lhes a vida amarga, impodo-lhes a árdua tarefa de preparar o concreto e fazer blocos, executar todo tipo de serviço predial e de condominio; em tudo os paulistas sujeitavam cruel escravidão.

- Severino, Severino!

- Eis-me aqui! – respondeu ele.

- Tire as Havaiannas dos pés Severino, pois o lugar em que você está é terra santa. Eu sou o Deus de seus pais, Deus de Cleitom, Deus de Uélintom, Deus de Uóxintom.

Então Severino cobriu o rosto e teve medo de olhar para Deus.

- De fato tenho visto a opressão do meu povo em São Paulo, tenho escutado seu clamor, por causa de seus feitores e sei o quanto eles estão sofrendo. Por isso desci para livrá-los das mãos dos paulistas e tirá-los daqui para uma terra boa e vasta, onde mana leite de coco e azeite de dendê com fartura. Pois agora o clamor dos nordestinos chegou a mim, e tenho visto como os paulistas os oprimem.

Juliano Pozati, no Duas Asas.

14 comentários:

Simplesmente Tininha disse...

Sou paulistana, filha de uma nordestina com um europeu e reconheço o valor do trabalho dessa gente que regou a minha terra com o suor de seu labor. Admiro e sou grata por tudo que fizeram e meu desejo é que recompense o trabalho dessas mãos calejadas!

Anônimo disse...

A idéia de contextualizar a história bíblica é genial, pena que pecou colocando os paulistas como os opressores... os opressores são os próprios nordestinos políticos que habitam os palácios brasilienses...

A perpetuação dessa hipocrisia acrítica de querer colocar sempre os paulistas como os algozes dos nordestinos é coisa que cala bem na boca dos Caetanos e outros que fingem não saber como se compõem as casas legislativas federais e o que o verdadeiro poder de representação está sim nas mãos dos próprios nordestinos e nortistas. Basta verificarem a questão da proporcionalidade, isto é, quantos deputados o estado de São Paulo tem com seus mais de 30 milhões de habitantes e quantos deputados os estados nordestinos e amazônicos têm.

A idéia foi boa, perpetuar acriticamente uma abordagem hipócrita não.

Punksauro Nei disse...

Ei!
Obrigado por seguir o Corsarios.

Abs!
Nei

Vergilio disse...

Voltem com Deus para as suas terras e se possivel, peçam a independência do Norte/Nordeste.Se quiserem podem levar Minas Gerais de presente também. Nós paulistas já estamos cansados de trabalhar para sustentar o coronelato e seus súditos folgados e fazedores de filhos para os deuses criarem.
Edson Vergilio- eavergilio@ig.com.br

Simplesmente Tininha disse...

Concordo com o "anônimo" qto ao seu comentário.
Qto ao Virgílio, entendo a indignação e respeito, de verdade! Mas acredito q deveríamos também entender o lado dessa gente nordestina e nortista que vem à SP em busca do tesouro escondido. São pessoas simples, batalhadoras, sendo ou não ignorantes ou sem cultura fizeram muito por nossa cidade e acredite, ainda fazem. Concordo qto a filharada que espalham por nossas ruas, mas será que não podemos fazer nada além de enxotá-los como se fossem cãos sem dono?
Espero que tenha me entendido e por favor, não leia isso achando q desejo afrontá-lo... é só uma simples maneira de como vejo as coisas. Afinal, lá no fundo, de alguma forma, esse sangue nordestino e nortista passa por nossas veias...
Se fui ignorante no comentário, me perdoem... estou procurando ainda aprender sobre muitas coisas que a vida apresenta.

Di Bochio disse...

Pava, seu blog está realmente servindo o propósito de inclusão digital.

Antes só as pessoas com um QI acima de 90 participavam, agora temos até mesmo umas criaturas de QI entre 30 e 35. Meus parabéns!

Acho muito nobre você criar esses espaços em que idiotas como o Pr. Afonso e esse alienado do Vergilio possam participar. Mesmo sendo uns babacas de primeira, eles também tem direito à opinião deles.

Vergilio... aproveitando o direito à minha opinião... vá tomar no (*).

Roberto disse...

Acho interessante ver como o brasileiros como um todo continuam sendo preconceituosos e racistas. Afinal de contas, quantos paulistas e paulistanos são 100% descendentes de paulistas? Pelo que eu sei, ninguém tem esse tipo de sangue nas veias... Afinal de contas, o Brasil é composto por várias etnias e apenas uma delas e oriunda dessas terras tupiniquins (índios), o resto do Brasil TODO é uma fusão de branco europeu, negro africano e amarelo asiático. Sendo assim, como classificar um local como sendo de direito apenas de paulistas??? continua...

Roberto disse...

continuando... A condição atual do estado de São Paulo é fruto de decisões políticas e econômicas, não é por conta de uma vocação natural de seus habitantes... pelo contrário... se fez necessário no período de forte industrialização da vinda de mão de obra barata para trabalhar (coisa q não existia em São Paulo) daí a ida de nordestinos para essa cidade, mão de obra barata fruto de séculos de descasos de uma elite sulista que dominou o país desde o império até os dias de hj... continua 2

Roberto disse...

continuando 2... E nao me venham falar q os politicos q praticam corrupção são estritamente nordestinos... Pelo que eu saiba, o partido que comanda o planalto central é o PT dos paulistas... Lula nao pode ser considerado nordestino, foi criança pra são paulo... e sua corja é praticamente de petistas desse estado... Enfim, pensem no contexto histórico antes de falarem qualquer m***.

Anônimo disse...

Roberto, vc é uma besta quadrada travestida de estoriador (sic)... vá ler um pouco de História sua anta...

Vá se informar qual foi o último presidente paulsita e aproveite para comparar com os seus presidentes nordestinos: Collor, Sarney, etc...

E mais: vá se informar também sobre a Confederação Nacional das Indústrias quem foram seus últimos presidetnes e veja de onde foram, assim como os presidentes dos principais sindicatos do país...

E para completar: seu tio Lula vai carrear mais votos no nordeste para a tia Dilma aonde, adivinhe? No sul ou no Nordeste?

Vá se tratar seu debilóide!

carla Sodre disse...

Nao acho que o paulista e/ou paulistano oprima ninguem!! Como em qualquer lugar, nos recebemos o salario, conforme nossa capacidade intelectual e formacao academica. Meu pai e baiano, e quando chegou em Sao Paulo a 50 anos atras sem 1 puto no bolso, rapidinho arrumou um emprego em uma imobiliaria e se fez no ramo sem nunca passar por qualquer humilhacao! Ele ama Sao Paulo.

Vergilio disse...

Palavras do DI Bocchio ou Bocó?
“Antes só as pessoas com um QI acima de 90 participavam, agora temos até mesmo umas criaturas de QI entre 30 e 35. Meus parabéns!
Acho muito nobre você criar esses espaços em que idiotas como o Pr. Afonso e esse alienado do Vergilio possam participar. Mesmo sendo uns babacas de primeira, eles também tem direito à opinião deles.
Vergilio... aproveitando o direito à minha opinião... vá tomar no (*).”

Não precisa você me mandar tomar no (*), pois nós os pagadores de impostos já tomamos todos os dias para mantermos esses coletivistas imbecis que acreditam no deus governo e que merecem viver sem terem o direito de existir. Desde que Deus revogou a primeira lei da termodinâmica ( A conservação da energia) e decretou a segunda ( A entropia), quando disse a Adão: “ ......maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo. No suor do teu rosto comerás o teu pão..... “ -(Gênesis 3:17) Gênesis 3:19), não existe mais o PARAÍSO e todos temos que pagar pelo nosso direito de existir, pois caso contrário, se for uma empresa vai à falência e se for uma pessoa morre de fome. A não ser que a pessoa realmente tenha um QI (QUEM INDICOU) muito alto como o seu que pague por ela. Como meu “Quem Indicou” realmente é muito baixo, preciso pagar pelo meu direito de existir e pago por esse direito através do meu QI (Quociente de Inteligência), pois consigo estudar, trabalhar e ter um bom salário para manter minha família e ainda pagar meus impostos para o governo manter seus funcionários públicos, apaniguados e mamadores em geral que como você ainda acreditam que o paraíso ainda existe e que existe almoço grátis. Vai estudar amigo, obter cultura, pois quem sabe assim você se conscientize que “There are no free lunch or free beverage”, seu COLETIVISTA de MERDA, IMBECIL. Um abraço. Edson Vergilo

Pavarini disse...

prontenho, people.

já desabafaram, aliviaram a alma, colocaram o "eu interior" (rs) pra fora e agora é hora de voltar ao tema.

só serão liberados comentários sem achaques, perdão, ataques. =)

abraços

Vergilio disse...

É isso ai PAVA, concordo plenamente, pois sou liberalista e adepto da liberdade de expressão e do diálogo bem fundamentado e respeitoso. Respeito todo mundo, mas também gosto de ser respeitado. Agora se me morderem, mostro que sei morder também. Não sei se você notou, mas acredito que esta foi a postagem que gerou mais comentários. Sinal de que o assunto é polêmico. Quando perguntam minha religião costumo dizer que sou meio cristão e herege, assim como foi Jesus Cristo e os profetas, ou seja uns chatos porque falavam aquilo que o “status quo” (“os doutores da lei”, “ sábios”, “os mestres”, “os mandatários”, “os apadrinhados” e etc.) não gostavam de ouvir. Falar de Jesus Cristo é fácil, agora seguir o Mestre envolve ser totalmente integro e ter coragem que ELE tinha, ou seja, não trapacear, defender a verdade e até colocar a cabeça a premio ou colocar o pescoço na guilhotina, mas ai a são outros quinhentos. Gosto muito do seu blog exatamente por isso, levanta polêmicas e mexe em vespeiros. Mais uma vez parabéns pelo blog. Um grande abraço.
Edson Vergilio

Blog Widget by LinkWithin