24.3.10

O que a Bíblia realmente diz sobre a homossexualidade

por Daniel A. Helminiak * – As pessoas discutem apaixonadamente acerca do que a Bíblia realmente ensina. Como é possível? Quem está com a razão?

Depende de como se lê a Bíblia!

Como é possível? São diferentes formas de se ler a Bíblia!

A forma pela qual se lê a Bíblia, o modo de interpretar os textos, eis aí a questão central. Não se trata de perguntar: “Quais são os textos da Bíblia sobre a homossexualidade?” Qualquer um pode fazer uma lista e citá-los. O que devemos nos perguntar é: “Como interpretar estes textos?” “Como determinar aquilo que estes textos realmente querem dizer?”

Há quem afirme que a Bíblia deva ser entendida literalmente, sem “interpretações”. Mas interpretar significa apenas extrair o sentido de um texto. Desta maneira, não pode haver leitura da Bíblia ou de qualquer outra obra sem interpretação. Sem o leitor, um texto é apenas um monte de palavras – sinais em uma página. Em si estes sinais não têm significado algum. Para significarem algo, eles precisam passar pela mente de alguém. A compreensão das palavras, que determina o sentido do texto, é interpretação.

É importante prestar atenção às diversas formas de se ler um texto, especialmente quando lidamos com textos antigos como a Bíblia. As palavras podem ter um determinado significado para nós hoje e, na época das pessoas que as escreveram, seu significado ter sido totalmente diferente. Leia +.

O post já passa dos 100 comentários, e vale a pena ser lido. Na conclusão do autor do texto, o pecado de Sodoma foi a falta de hospitalidade. E muitas vezes, nós cristãos, praticamos esse pecado. Será que conseguimos ver a trave no nosso olho?

15 comentários:

Beta disse...

Muito bom o texto!
É um tapão na cara de muita gente!

bj

Lion of Zion disse...

"Há quem afirme que a Bíblia deva ser entendida literalmente, sem “interpretações”."

Apesar de ver muita gente afirmando isso. É claro que todos fazem uma literalidade seletiva, ou seja é literal somente aquilo que realmente interessa e é cabível em sociedade em termos sócio-culturais.

Afinal ninguém hoje tem condições de tornar literal o que é biblico no velho testamento como ter escravas sexuais.

DEUTERONÔMIO
10 Quando saires para guerrear contra os teus inimigos, e Yawéh teu Deus os entregar em tuas mãos, e tiveres feito prisioneiros, 11 caso veja entre eles uma mulher formosa e te enamores dela, tu a poderás tomar como mulher, 12 e trazê-la para tua casa.


Mas não caia de boca, seja paciente, você matou toda a sua família, aguenta um pouco:


Ela então raspará a cabeça, cortará as unhas, 13 despirá a veste de prisioneira e permanecerá em tua casa. Durante um mês ela chorará seu pai e sua mãe. Depois disso irás a a ela, desposá-la-ás, e ela será sua mulher.

É importante e caridoso deixar ela se conformar, não esqueça que você matou toda a sua família e todos que ela amava, ela servirá de escrava sexual a quem matou todo o seu mundo. Deus te ensina ISSO, homem de deus!
Mas...
Quando enjoar, não enganes aos teus amigos tarados tentando vender gato por lebre. Ela não é mais virgem e como deus te ensina, uma mulher virgem já não vale nada, uma "usada" então....


14 Mais tarde, caso você não gostes mais dela, tu a deixarás ir em liberdade, mas de modo algum a venderás por dinheiro; não tirarás lucro à sua custa, após ter abusado dela.

Hoje o que citei acima é inaceitável talvez como ainda é ináceitavel a homossexualidade.

Roger disse...

E em nome de uma pseudo tolerância, continuamos na árdua batalha em descaracterizar tudo o que é pecado. Estamos esquecendo I Cor 6?

9 Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, 10 nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus.11 Tais fostes alguns de vós; mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus.12 Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas.

Cristo, consolo para o cansado disse...

um gostei do texto não!
o ex-padre se propõe a falar de um assunto e?????
Parece que ele queria defender o homossexualismo com a Bíblia e ficou com medo...

os comentários (não li todos) mas giram em torno de um ateu, uma católica, e uma pessoa que crê que Deus é adorado em todas as religiões... aff, sei lá...
perdi meu tempo!

Valdir Gomes Perini disse...

Legal!! Daqui a pouco vão usar a Bíblia para tentar justificar a Pedofilia, sexo com animais, etc. Agora, pensar que Deus destruiu duas cidades pelo fato de não serem hospitaleiros é que é legal. Mas fazer o quê? Cada um tem sua opinião.

Gabriel Nagib disse...

Texto interessante. A gente esquece às vezes de considerar o contexto histórico e a interpretação da época. Muitos não percebem como os textos foram evoluindo, e muita coisa foi reinterpretada e modificada ao longo da bíblia.

Aconselho esse texto do Paulo Brabo (toda a série) para melhor entendimento: http://www.baciadasalmas.com/2008/de-onde-tirei-essa-ideia/

Atreyu disse...

Cada um faz o que der na telha, a Bíblia diz muitas coisas, mas ninguém tem que comprar uma idéia de lá e levar a ferro e fogo.

ezequiel disse...

ah, entao quer dizer q a Biblia NÃO condena o homossexualismo?
e Deus destruiu Sodoma pq os caras não foram hospitaleiros?!

Ah, vai tomar no ...

cada merda q andam inventando pra defender o homossexualismo q tá ficando cada vez mais ridiculo...

Oras, respeitar os homossexuais é uma coisa, concordar e justificar que não é errado é outra completamente diferente...

concordo com o Valdir...

e tapa na cara de mta gente pq? só pq o cara escreveu defendendo...

o cara é ex-padre... deve ser um ex-padre pedófilo...

Walter Cruz disse...

@Gabriel, to lendo o livro do Brabo e não me canso de elogiar! Abraço.

Anônimo disse...

Uau, tem gente que fica nervosa aqui por causa da opinião do cara, manda tomar no .. (!!)
É um ponto interessante..
Não aceito muito essa teoria da falta de hospitalidade, mas acho errado considerar a homossexualiDADE como pecado com base no livro de Levíticos, por exemplo, sendo que muita coisa ali é considerada abominação e são praticadas com muita naturalidade entre cristãos atualmente né.

Não acho certo "liberar geral", mas procurar entender de verdade, olhar mais um pouco (o do porque de tanto ex-ex-gays...), entender a psicologia, estudos científicos (como o formato de cérebros de homossexuais ser mais parecido com o do sexo oposto, de gays com o de mulheres por exemplo.. foi um estudo acho que em 2008, e passou em vários jornais.. se quiserem pesquisar..) etc.

Ah, essa história de que agora só falta defender sexo com animais, pedofilia, é coisa de intolerantes que não querem debater por falta de argumento..

Anônimo disse...

Só uma pergunta o que o ladrão da cruz roubou? Quanto ele roubou?
Então, não se arrependeu nos últimos instantes de vida.
E o filho pródigo, não foi perdoado.
Sabe, se eu pensar já pequei.
Então, até a pessoa se tocar de que tudo é pecado, até o oxigênio nos mata.
O lance é a metanóia, isto é, renovação da mente e buscar o coração da Mente. Como está escrito o meu povo pereceu porque lhe faltou entendimento, em Oséias.
Tudo é puro para os puros.
Mas, mente cauterizada é pecado.
Não podemos nos justificar por nós mesmos, mas quando a gente se faz amigo de Deus ELE muda tudo em nós.
Tenho experimentado isso.
Graças a Deus e Jesus seu FILHO.
Mas o homossexualismo é pecado e isso não vai mudar nunca.

Anônimo disse...

Sugiro a leitura do livro: Homossexualidade Masculina - Escolha ou destino? - Claudemiro Soares

Faz uma excelente abordagem do assunto, desde a antiguidade.

Mostra também, com fontes, todas as pesquisas realizadas, bem como suas conclusões (o que muitas vezes nos é passado pela Mídia, nem sempre é questão fechada).

Anônimo disse...

Penso que para Deus, não há distinção de pecados. Homossexuais, ladrões (L.A.D.R.Õ.E.S.), mentirosos, fofoqueiros, invejosos, praticantes de sexo fora do casamento, adúlteros, quem manda tomar no **, etc... Estão no mesmo barco!!!

Atenção Pregadores da Palavra: - Vcs podem estar neste barco!!!

Gillies disse...

Quer saber, fico com (e na) Graça. Sou pecador, o sangue de Cristo foi derramado por mim. Tomo posse deste sangue. Cristo é meu Senhor e Salvador. Sou/Estou Homossexual. E as pedras?!? Quem vai jogá-las?!?

Dini Kelly disse...

Pava, não me convenceu não. Achei fraco e sem embasamento.

Sobre a questão do homosexualismo em si, não tenho muito a dizer. Apenas acredito que o plano original de Deus não diz respeito a relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo, já que "homem e mulher os criou".

"Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro." Romanos 1:26s

Eu penso que cada pessoa é livre para tomar suas próprias decisões e viver livremente. O que não entendo é essa necessidade exacerbada de estar inserido no contexto evangélico.

Quando Jesus encontrava com um pecador, Ele o acolhia, o amava mas lhe deixava continuar no erro. Ele lhe dizia: "vá e não peques mais".

Blog Widget by LinkWithin